Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Thievery Corporation – Symphonik

Domingo, 19.04.20

Sem um daqueles sucessos radiofónicos que catapultam um projeto para o éden durante um longo período de tempo, sem uma portentosa máquina de marketing por trás, vídeos com milhões de visualizações ou uma editora internacional nos seus créditos, os Thievery Corporation continuam, duas décadas após a estreia, a ser um dos nomes mais consensuais e influentes da chamada música de fusão, tendo uma base de seguidores fiel e numerosa em todo o mundo, a sua própria editora, a ESL Music Label, assento destacado em cartazes de alguns dos mais relevantes festivais de música e, mais importante que tudo isso, uma carreira recheada de extraordinários momentos sonoros.

Listen to Thievery Corporation

Em dois mil e dezassete os Thievery Corporation chegaram ao seu oitavo disco de originais, um registo intitulado The Temple Of I And I e com ele voltámos todos a dançar ao som desta dupla de Washington, formada por Rob Garza e Eric Hilton. Um ano depois completaram essa obra comTreasures from the Temple, um alinhamento de doze canções que eram as gravações originais ou remisturas de temas incluídos em Temple of I & I e que surgiram durante as sessões de gravação desse álbum nos estúdios Geejam, em Port Antonio, na Jamaica.

Agora, em dois mil e vinte, os Thievery Corporation voltam à carga com Symphonik, onze novas roupagens de alguns dos maiores sucessos da incrível carreira da dupla, que teve como ponto de partida um concerto gravado no mesmo ano em que foi criado Treasures From The Temple, no John F. Kennedy Centre for the Performing Arts, com uma orquestra de vinte e dois músicos. O sucesso desse espetáculo e as repercussões positivas que obteve foram de tal ordem que Garza e Hilton acabaram por ter a feliz ideia de criar em estúdio um alinhamento de canções que homenageasse o melhor catálogo do projeto e lhe desse uma nova visão mais clássica e erudita. Surgiu assim Symphonik, um trabalho feito a meias com a FILMharmonic Orchestra, um coletivo da República Checa que já trablhou com nomes tão importantes como os Arcade Fire ou Céline Dion e que faz uma resenha muito bem conseguida dos Thievery Corporation, adicionando aos grandes sucessos do grupo novas roupagens, nuances e detalhes típicos da música clássica e orquestral, algo que geralmente resulta muito bem quando a base se relaciona com a eletrónica de cariz mais ambiental, como é o caso.

Como resultado temos então um novo respirar, ainda mais charmoso, belo e requintado de sucessos como Lebanese Blonde ou Until the Morning e outros que adornam um extenso catálogo que da  bossa nova ao dub, passando pelo reggae, o jazz a chillwave e a própria música de dança, tornaram este projeto num dos nomes fundamentais da música contemporânea. Espero que aprecies a sugestão...

Thievery Corporation - Symphonik

01. Heaven’s Gonna Burn Your Eyes (Feat. Natalia Clavier)
02. Love Has No Heart (Feat. Shana Halligan)
03. Ghetto Matrix (Feat. Mr. Lif)
04. Passing Stars (Feat. Elin Melgarejo)
05. Until The Morning (Feat. Natalia Clavier)
06. Depth Of My Soul (Feat. Shana Halligan)
07. Sweet Tides (Feat. Lou Lou)
08. Lebanese Blonde (Feat. Elin Melgarejo)
09. Weapons Of Distraction (Feat. Puma)
10. The Forgotten People
11. Marching The Hate Machines (Feat. Frank Orrall)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 20:49






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 382


Disco da semana 87#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Abril 2020

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.