Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


The Antlers - Solstice

Segunda-feira, 18.01.21

Projeto fundamental do indie rock experimental norte-americano da última década e meia, os The Antlers de Peter Silberman e Michael Lerner, habituaram-nos desde o fabuloso Hospice (2009) a um faustoso banquete de composições encharcadas em sensibilidade, angústia e conflito, canções cheias de sons aquáticos e claustrofóbicos, mas que nos mantinham sempre à tona porque também sabiam salvaguardar um soporífero cariz relaxante. Após o monumental registo Familiars, editado em dois mil e catorze e colocado em primeiro lugar nos melhores álbuns desse ano para a nossa redação, esse desfile de discos assertivos e metaforicamente intensos foi interrompido por opção da própria dupla e os The Antlers entraram num hiato que será finalmente interrompido, para gaúdio de todos aqueles que se têm deliciado com a sua notável discografia.

The Antlers announce first album in seven years with soothing new cut “ Solstice”

Assim, e depois de no passado outono os The Antlers nos terem proporcionado a audição de Wheels Roll Home e It Is What It Is,  dois novos temas que pareciam ter uma lógica sequencial e que marcaram o arranque de uma nova fase da carreira do projeto, mas ainda sem anúncio de novo disco, agora, no arranque de dois mil e vinte e um, uma nova canção intitulada Solstice confirma estar na forja um novo disco dos The Antlers. Essa rodela chama-se Green To Gold, chegará aos escaparates em março e terá no seu alinhamento dez canções que trarão consigo, certamente, uma nova fase do grupo de Brooklyn ainda mais promissora, luminosa e empolgante do que a anterior.

A terna indulgência das cordas que conduzem Solstice e a ardente soul das mesmas, um sabor ampliado quase no ocaso do tema por portentosos violinos e impregnado fluidamente no efeito metálico da guitarra e no modo como esse mesmo efeito se entrelaça com a cândura vocal de Silberman e com o registo jazzístico da bateria, sustentam uma canção repleta de nostalgia, até porque versa sobre a inocência que carateriza a esmagadora maioria das memórias da infância. Confere Solstice e o alinhamento de Green To Gold...

The Antlers - Solstice

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 17:13

Dream People - People Think

Sexta-feira, 15.01.21

Os Dream People são uma nova banda lisboeta formada por Francisco Taveira (voz), Nuno Ribeiro (guitarra), Bernardo Sampaio (guitarra), João Garcia (baixo) e Diogo Teixeira de Abreu (bateria), cinco jovens que procuram refletir na sua música a sua visão de um país belo mas pobre, onde ser músico tanto pode ser considerado um ato de coragem como de loucura. Abriram as hostilidades com um EP intitulado Soft Violence que nos oferecia um equilíbrio entre atmosferas sintéticas, que lembram algumas variações da dream pop, e uma componente de shoegaze melancólico. Esse trabalho já tem sucessor, um disco intitulado Almost Young, com edição prevista para março e que, de acordo com as expetativas plasmadas no press release de antecipação, mostrará um grupo mais maduro, mais confortável consigo mesmo. Um grupo que, acima de tudo, busca autenticidade e substância no seu trabalho. Uma banda de sonhadores em busca da realidade e que não renuncia pintá-la como ela é, quer cantar a realidade sem adornos, complexa, intrincada. É aí que reside a profundidade do seu trabalho.

Dream People regressam com “Putos de Portugal” – Glam Magazine

People Think é o mais recente single divulgado do alinhamento de Almost Young, uma canção aparentemente optimista e até eufórica - reminescente os anos oitenta - mas que é acompanhada de uma letra confrontativa, em que se aponta o dedo a quem, com o decorrer da vida, se deixa tornar obsoleto. A quem com a idade adulta cai numa rotina entorpecente e perde a sua própria essência. A quem se esquece da juventude. O tema também já tem direito a um videoclipe conta com a participação do dançarino João Reis Moreira. Confere...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 15:34

Sun Kil Moon – Snowbound

Quinta-feira, 14.01.21

Sun Kil Moon é o projeto atual de cantor e compositor Mark Kozelek, que ficou conhecido por ter sido o líder dos carismáticos Red House Painters. Sun Kil Moon encontra então Kozelek ao volante de uma banda que se estreou em dois mil e três com o fabuloso disco Ghosts of the Great Highway, e que tem um novo trabalho intitulado Welcome To Sparks, que será analisado por esta redação nos próximos dias.

Sun Kil Moon – Snowbound – The Predatory Wasp

Para já, a primeira nota do ano deste blogue para Sun Kil Moon centra-se em Snowbound, uma canção que Kozelek divulgou logo após o último natal e que afirma com subtil beleza a habitual sonoridade frágil e cândida deste projeto, através de um belíssimo tratado de folk acústica onde a simplicidade melódica coexiste com uma densidade sonora suave que transborda uma majestosa e luminosa melancolia. Confere...

Sun Kil Moon - Snowbound

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 17:53

The Telescopes - Strange Waves

Terça-feira, 12.01.21

Com mais de trinta anos de carreira e já descritos pela imprensa musical britânica como uma revolução da psique, os The Telescopes estão prestes a regressar aos discos com Songs Of Love And Revolution, o décimo segundo álbum do quarteto e, pelos vistos, mais uma explosão solar de ritmos indutores de transe, presa no leme por uma parede de baixo pulsante e mantida no lugar por um enxame de guitarras ao redor, como é apanágio num projeto com um legado cheio de momentos “eureka”, alimentados via intravenosa através de uma racha no ovo cósmico, e que sempre revelou algo novo dentro de um espetro indie de forte cariz lisérgico e ampamente progressivo.

The Telescopes share the video for Strange Waves | Louder Than War

Depois de termos ficado a conhecer o tema Mesmerised no início de dezembro último, agora chega a vez de conferirmos Strange Waves, o terceiro tema do alinhamento de Songs Of Love And Revolution, canção em que a tónica é colocada, primordialmente, na criação de um ambiente com forte travo lisérgico e cósmico, proporcionado pela eficaz interseção entre um efeito tenebroso de uma guitarra e um efeito reverbante de outra, numa espécie de fuzz psicadélico, que impressiona pela majestosidade e ímpeto, nuances conjuradas com elevada mestria no âmago mais inquietante de um um projeto que foi, é e será sempre visionário, revolucionário e marcadamente experimental. Confere...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 17:37

David Bowie – Tryin’ To Get To Heaven & Mother

Segunda-feira, 11.01.21

Se ainda estivesse entre nós, David Bowie, o camaleão nascido em Brixton, em 1947, teria feito setenta e quatro primaveras na última sexta-feira, dia oito de janeiro. Essa data acabou por não passar em claro porque foram reveladas nesse dia duas raras versões de originais de John Lennon e Bob Dylan, assinadas por Bowie, disponíveis fisicamente numa edição em vinil de sete polegadas, limitada a oito mil cento e quarenta e sete unidades apenas, com a chancela da Rhino Records.

LISTEN: David Bowie - 'Tryin' To Get To Heaven' / 'Mother'

O original de Lennon que Bowie revisitou foi Mother, uma canção lançada pelo ex-Beatle em mil novecentos e setenta e Tryin’ To Get To Heaven foi criada no ano seguinte por Dylan, composição que fazia parte do alinhamento de Time Out Of Mind, o álbum que o músico natural de Duluth, no Minnesota, lançou em mil novecentos e setenta e um e que ganhou um grammy nesse mesmo ano.

Com uma carreira cheia de momentos marcantes e que dificilmente serão esquecidos, estas duas versões agora lançadas à tona obedecem fielmente a um modus operandi com mais de quatro décadas no qual este músico britânico transformou histórias pessoais em canções, numa cruzada sonora intensa, próxima e subtilmente encantadora, idealizada por um intérprete exímio a entender os mais variados sentimentos e confissões humanas e que sabia, de forma bastante peculiar e única, como converter simples sentimentos em algo grandioso, épico e ainda assim delicadamente confessional. Confere...

David Bowie - Tryin' To Get To Heaven - Mother

01. Tryin’ To Get To Heaven
02. Mother

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 17:06

Kings Of Leon – The Bandit & 100,000 People

Domingo, 10.01.21

Meia década depois do disco Walls, os irmãos Followill e restante trupe estão de regresso com When You See Yourself o novo registo de originais dos norte-americanos Kings Of Leon. Esse novo trabalho do coletivo de Nashville, o oitavo da carreira do projeto, foi produzido por Markus Dravs e viu a data de lançamento adiada devido ao período pandémico, sendo só confirmado o momento em que iria ver a luz do dia, já depois do último natal.

Kings of Leon Preview New Album With 'The Bandit' and '100,000 People' -  Rolling Stone

The Bandit e 100,000 People são os dois temas já divulgados de When You See Yourself, duas canções que se perfilam na segunda e terceira posições do alinhamento do disco mas algo antagónicas. Assim, se The Bandit é uma espécie de avalanche sonora em que guitarras e baixo se esgrimem para criar uma composição vibrante e com uma filosofia roqueira inconfundível, já 100,000 People, mesmo crescendo em intensidade e sentimentalismo, contém um clima sonoro mais ponderado, delicado e calculado. Confere... 

Kings Of Leon - The Bandit - 100,000 People

1. "When You See Yourself, Are You Far Away"
2. "The Bandit"
3. "100,000 People"
4. "Stormy Weather"
5. "A Wave"
6. "Golden Restless Age"
7. "Time In Disguise"
8. "Supermarket"
9. "Claire And Eddie"
10. "Echoing"
11. "Fairytale"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 16:06

Molly Burch – Emotion

Quinta-feira, 07.01.21

Depois do excelente registo de natal The Molly Burch Christmas Album lançado em dezembro de dois mil e dezanove, a norte-americana Molly Burch, volta a dar sinais de vida com um novo single intitulado Emotion, abrigado pela Captured Tracks e que terá direito nos próximos dias a edição em formato de sete polegadas, juntamente com a canção Needy, uma cover de um original de Ariana Grande como b-side.

Molly Burch links with Wild Nothing for new track “Emotion”

Emotion coloca esta cantora e compositora natural de Austin, no Texas, no terreno que se sente mais confortável, já que nos proporciona, através de um vigoroso baixo, uma hipnótica batida e diversos efeitos sintetizados plenos de groove, um portento melódico de charme e sedução, desenhado à sombra de ambientes algo nebulosos e jazzísticos e que não descuram uma leve pitada de R&B, mas que têm como base os cânones fundamentais da melhor indie pop atual. Confere...

Molly Burch - Emotion

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 17:26

The Besnard Lakes – Feuds With Guns

Domingo, 03.01.21

The Besnard Lakes Are The Last Of The Great Thunderstorm Warnings é o título do próximo disco dos canadianos The Besnard Lakes, o sexto desta banda de Montreal no Canadá liderada pelo casal Jace Lasek e Olga Goreas. Esse registo irá ver a luz do dia a vinte e nove de janeiro próximo à boleia da Fat Cat Records nos Estados Unidos da América e da Flemish Eye no país natal e do seu alinhamento já se conhecem vários temas, sendo Feuds With Guns o mais recente.

Os The Besnard Lakes são uma banda de indie rock psicadélico, com uma sonoridade que assenta numa espécie de space rock que se cruza com a típica dream pop. Habituados a criar obras grandiosas, The Besnard Lakes Are The Last Of The Great Thunderstorm Warnings deverá manter essa bitola, se tivermos em conta o conteúdo de Feuds With Guns, um tratado de melancolia eloquente e épica, de elevado travo pop e onde das guitarras aos sintetizadores, todas as porções sonoras que nela desfilam encaixam como um enorme puzzle que, no seu todo, cria uma atmosfera sonhadora e plena de hipnotismo, muito por culpa também da voz única de Olga, que nos embala rumo a um mundo onde também abunda um elevado travo vintage particularmente psicadélico. Confere... 

The Besnard Lakes - Feuds With Guns

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 17:48

Blue October – The Girl Who Stole My Heart

Quinta-feira, 31.12.20

Depois de em outubro passado terem editado o disco This Is What I Live For, o décimo da carreira, os gurus do alt-rock norte-americano Blue October acabam de divulgar um espantoso novo tema alusivo ao Natal e intitulado The Girl Who Stole My Heart, incubado pelo quinteto com a preciosa ajuda de Jeff Martin, membro dos também norte-americanos IDAHO e do reputadíssimo engenheiro de som Eric Holtz.

The Girl Who Stole My Heart é uma inspiradíssima canção natalícia, assente numa postura instrumental vibrante e épica, íntima da natureza etérea e onde as guitarras são rainhas, mas onde também cabem alguns efeitos sintetizados induzidos por teclados com uma índole particularmente cósmica, resultando esta mescla uma pop que pisca muitas vezes o olho aquele rock alternativo cheio de personalidade, com uma produção cuidada e que nos aproxima do que de melhor propõe a música independente americana contemporânea. Confere...

Blue October - The Girl Who Stole My Heart

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 14:29

Callaz - Queima Essa Ideia

Quarta-feira, 23.12.20

Sempre ligada à música e residindo em Londres, Maria Soromenho foi Styling Assistant em projectos como Alicia Keys, Peaches, Laura (Ultraísta), Loreen, Josephine e Arlissa. Em dois mil e treze criou a marca Maria Soromenho, um projecto de criação de roupa e lenços de seda, muito ligado e inspirado pelo universo musical. Quatro anos depois, em dois mil e dezassete, estreou-se nas canções com um EP intitulado Beer, Dog Shit & Chanel N°5 (EP), produzido por Filipe Paes, assinando as suas criações sonoras com o pseudónimo Callaz. A pop experimental desse EP solarengo e que plasmava picos de ansiedade, memórias turvas e afectos sob um filtro retro, foi bem aceite pela crítica e deu à autora alento para continuar a compôr, chegando, logo no ano seguinte, mais um EP, este intitulado Gaslight, produzido pela dupla Primeira Dama e Chinaskee e que confirmou as ambições da estreia.

Callaz anuncia novo disco “Dead Flowers & Cat Piss” – Glam Magazine

O formato longa duração chegou o ano passado com um registo homónimo de dez temas que fundiam eletropop e indie rock e que começou a ser incubado logo após o lançamento de Gaslight, durante uma digressão que levou a artista a Los Angeles, mas também a vários locais do continente europeu (Suécia, Islândia, Alemanha e Espanha), onde foi aproveitando para explorar ao vivo alguns dos seus temas que grava depois em Lisboa, com a ajuda do produtor Adriano Cintra e apresenta em Nova Iorque, em prestigiadas salas como The Bowery Electric ou a Rockwood Music Hall.

No início do verão deste ano, Callaz inicia uma estreita colaboração com Helena Fagundes (Vaiapraia e As Rainhas do Baile, Clementine, The Dirty Coal Train, The Watchout Sprouts, Ex Naive), que conheceu através da banda do próprio irmão, Vaiapraia. Começaram por gravar uma música, Atonal Heavy Metal Song, como teste desta colaboração e logo depois surgiu o tema Aghast. Contente com o resultado destas duas canções, Callaz enviou em poucos dias mais oito demos a Helena e com isso criaram o disco Dead Flowers & Cat Piss que será editado a dezanove de Fevereiro próximo. Será um trabalho guiado pela filosofia DIY, com poucos recursos, em estúdios caseiros e feito por Callaz e Helena Fagundes sem qualquer outra intervenção.

Queima Essa Ideia é o primeiro single extraído do alinhamento de Dead Flowers & Cat Piss, uma canção auto-biográfica repleta de inspirados samples e beats e produzida em Neukölln, Berlim, pela artista Ah! Kosmos, durante uma estadia recente de Callaz nessa metrópole alemã. Confere...

Spotify: https://open.spotify.com/artist/2oyuRoX2vsfxbFjSapy4bJ?si=oltBYuUoQmWtaYQgxIMs5g

Facebook: https://www.facebook.com/callazcallazcallaz/

Instagram: https://www.instagram.com/_callaz/

Bandcamp: http://callaz.bandcamp.com/

Soundcloud: https://soundcloud.com/callaz-music

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 16:29






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 407


Disco da semana 102#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Janeiro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.