Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Spray Paint - Punters On A Barge

Quarta-feira, 24.06.15

Depois de terem surpreendido em 2014 com o espetacular Clean Blood Regular Acid, os Spray Paint, de Cory Plump (guitarra e voz), George Dishner (guitarra e voz) e Chris Stephenson (bateria e voz), uma banda artpunk de Austin, no Texas, na senda de nomes tão importantes como os Thee Oh Sees, Parquet Courts ou Viet Cong, estão de regresso em 2015 com Punters On The Barge, o quarto trabalho da carreira do trio, um disco que viu a luz do dia a um de junho através da Homeless Vinyl.

A cartilha insana do indie rock alternativo dos anos noventa está mais viva do que nunca e estes Spray Paint parecem exímios a remexer nessa época em que nomes como os Nirvana, Smashing Pumpkins, Soundgarden ou Pearl Jam, Offspring ou Green Day, pegaram nas guitarras e no baixo e testaram os limites das pedaleiras em canções eminentemente curtas e diretas que versavam, quase sempre, sobre os tipicos dilemas juvenis ou questões politicas e ambientais. Este projeto navega um pouco em redor destes nomes distintos com Entry Level Humam, por exemplo, a ser um tema cheio de detalhes típicos do grupo de Bryan "Dexter" Holland e Alchemy a chamar a si a herança mais noise de Eddie Vedder, só para citar dois exemplos concretos. Seja como for, em termos gerais, Punters On A Barge soa a uma espécie de encontro improvável entre Corgan e Malkmus, à boleia de um festim inebriante, feito com guitarras distorcidas, cheias de efeitos metálicos e uma voz que declama sem desafinar e que exala um espírito jovem e bastante beliçoso.

Polar Beer, uma canção que tem a Islândia como cerne temático, foi o primeiro avanço divulgado deste trabalho, um tema assente numa guitarra hipnótica, esquizofrénica e fortemente combativa, mas incrivelmente controlada, num resultado de proporções incrivelmente épicas, bem capaz de proporcionar um verdadeiro orgasmo volumoso e soporífero, a quem se deixar enredar na armadilha emocionalmente desconcertante que os Spray Paint construiram neste tema. E como ao quarto tema, em I Hate Your Paintings, a toada mantém-se, fica claro que os Spray Paint não cairam na tentação de complicar, num alinhamento sem quebras, nem momentos pouco ruidosos que os pudessem levar para territórios onde se pudessem sentir, talvez, menos cómodos.

Os Spray Paint têm urgência em se mostrar e fazem-no com uma crueza avasssaladora mas, sem perder nunca o norte, nem sem se deixarem levar por experimentalismos e arranjos desnecessários. E se em Soiled perdem um pouco o norte pelo modo como abusam da vibração das cordas ou se Fishing tem um ambiente um pouco mais narcótico e sombrio que o habitual, estes ligeiros desvios da norma padrão sucedem sem descarrilar e têm o propósito claro de encontrar alguns detalhes do rock mais progressivo e do próprio metal e não num sentido mais brando ou melancólico.

Há uma componente melódica particularmente assertiva em todas as canções de Punters On A Barge, apesar do cariz particular da sonoridade que replicam. O baixo é pouco percetível mas é um instrumento essencial como aconchego e domina as guitarras e a bateria, com pulso firme. O fuzz visceral de Middle Relief coloca o red line à prova com maior intensidade, sendo este um disco de guitarras, mas quem aprecia o baixo e a bateria irá certamente sentir-se deliciado com a quantidade de efeitos que vai descobrir neste álbum.

Independentemente do grau de acidez e de rudeza destes Spray PaintPunters On ABarge é um remate certeiro e um marco significativo na discografia atual que se inspira no período aúreo do rock alternativo norte americano, através de canções plenas de originalidade e com uma elevada bitola qualitativa e que devemos guardar com reverência para que sejam levadas para a linha da frente do nosso airplay particular quando nos apetece ouvir algo completamente distinto e único e longe da habitual limpidez sonora que geralmente nos cerca. Espero que aprecies a sugestão...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 21:21






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon -Programa 422


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.