Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Apocalypse Now - 30 anos

Sábado, 22.08.09

 

A guerra do Vietname não tinha terminado há um ano sequer e o coração americano ainda estava ferido de uma guerra que tinha custado aos Estados Unidos mais de 60 mil mortos e centenas de milhares de veteranos estropiados, quando Francis Ford Coppola começou, em 1976, a rodagem daquele que é, para mim, o melhor filme de guerra de sempre, Apocalypse Now. Importa relembrar que em 2001 o filme foi alvo de uma edição melhorada, tendo sido acrescentadas algumas novas cenas, Apocalypse Now - Redux.

Coppola já tinha em sua posse o argumento, escrito por John Millius, adaptado da obra O Coração das Trevas, da autoria de Joseph Conrad e ele próprio não o queria realizar visto estar ocupado com as filmagens de O Padrinho II. Chegou a oferecer a realização a George Lucas, mas este recusou por estar absorvido com outro mito, Star Wars. Assim, decidiu ele próprio avançar com as filmagens, tendo o filme estreado em Agosto de 1979.

Três anos depois da estreia do filme, o mesmo obtém  a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

A rodagem do filme decorreu nas Filipinas e ela própria valeu um filme, Heart of Darkness: A Filmmaker's Apocalypse, que contou a história de uma obra que parecia amaldiçoada, mas que acabou por se tornar numa das obras-primas do cinema contemporâneo. Poucos dias após o início das filmagens, o protagonista, Harvey Keitel, é despedido; o seu substituto, Martin Sheen, tem um ataque cardíaco poucos dias após chegar ao local das filmagens; uma vaga de tufões destruiu várias vezes alguns dos cenários do filme; Marlon Brando, fez questão de nunca ler o guião.

Além de Marlon Brando e Martin Sheen, o filme conta com outros actores conhecidos; Lawrence Fishburn, Harrisson Ford, Dennis Hopper, Albert Hall e Robert Duvall foram alguns.

Apocalypse Now relembra-nos o absurdo que é qualquer guerra e o absurdo que foi a guerra do Vietname em particular. A violência gratuita e a destruição patentes no filme, causaram um impacto enorme na opinião publica americana e mundial, aquando da estreia. Neste filme Coppola consegue colocar o espectador no cenário de guerra e fazer com que ele veja os seus horrores; fica bem exposto o sofrimento do soldado americano, o sentimento de que muitos jovens pereceram ali, sem motivo aparente, devido a uma guerra mal explicada e injustificada e mostra o sofrimento do povo Vietnamita, muitas vezes ridicularizado e que não viu os mais básicos e elementares direitos humanos, respeitados pelas forças armadas dos Estados Unidos, durante o conflito. É um filme cru e violento, que mostra o melhor e o pior da condição humana e como um cenário de guerra pode alterar pessoas e comportamentos. Acaba por ser, infelizmente, um filme ainda bastante actual!

Quem o viu certamente recorda-se de duas das cenas mais emblemáticas da história do cinema e que são sequenciais; o ataque de helicópteros Huey à praia vietcong, enquanto toca The Ride Of The Valkyries, do compositor Richard Wagner e o desembarque dos Huey na praia, ao mesmo tempo que a aldeia é bombardeada com napalm e Kilgore insiste que alguns dos seus homens façam surf nas ondas da praia.

O ataque à aldeia junto à praia, é uma cena em que banda-sonora e cena deixaram de poder ser indissociáveis. Quem ouvir The Ride Of The Valkyries, lembra-se automaticamente da cena; quem vir a cena, sem som, consegue escutar automaticamente dentro de si, a música de Wagner. Música e cena tornaram-se numa só!

Ambas as cenas foram filmadas só com 5 câmaras, teve de ser tudo filmado ao mesmo tempo enquanto os F-4 chegavam e largavam o napalm, o que deu origem a uma das sequências mais difíceis de montar na história do cinema!

Fica o ataque à praia vietcong...

E o desembarque, na versão Apocalipse Now - Redux, de 2001.

I Love The Smell Of Napalm In The Morning - Kilgore.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 15:46


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon -Programa 422


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Agosto 2009

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.