Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



TOY - Join The Dots

Segunda-feira, 30.12.13

Depois do homónimo lançado no outono de 2012, os londrinos TOY de Tom Dougall (voz e guitarras), Dominic O'Dair (guitarras), Maxim Barron (baixo e voz), Alejandra Diez (sintetizadores e modulação) e Charlie Salvidge (bateria e voz), já estão de regresso com o sucessor. O sempre difícil segundo álbum deste coletivo chama-se Join The Dots, voltou a ser produzido, à semelhança da estreia, por Dan Carey e chegou aos escaparates no passado dia nove de dezembro por intermédio da Heavenly Recordings.

 

 

Em Join The Dots os TOY prosseguem a sua viagem inebriante por décadas passadas, principalmente o krautrock dos anos setenta, já que neste disco escuta-se novamente um leque alargado de sonoridades que incluiem o punk, o psicadelismo, o krautrock ou o post rock, à semelhança do que ultimamente fazem tantos projetos por esse mundo fora. O rock psicadélico é um dos géneros musicais mais abordados no universo musical alternativo e, com uma já aparente saturação, apenas as bandas que conseguem criar algo único e distinto é que conseguem agradar aos fiéis seguidores e, eventualmente, alargar o leque de ouvidos que procuram aprimorar-se e deliciar-se junto deste estilo musical tão peculiar.

O segundo trabalho dos londrinos TOY é uma brilhante sequência do tal disco de estreia; Em Join The Dots esta banda britânca volta a submergir num universo de sons que reproduzidos através da guitarra dão a sensação de profundidade e imersão. Condutor, o tema instrumental de abertura, é a estrutura exemplificada do disco, uma canção assente em instrumentos repetidos, um aumento progressivo do volume e arranjos e que criam um clima que quando recebe a voz leva-nos ao encontro da melhor psicadelia da atualidade. Este tema deixa-nos facilmente empolgados e a sequência com as magistrais You Won’t Be The SameAs We Turn e a épica canção homónima do disco não nos deixa aterrar de imediato e, pelo contrário, eleva-nos ainda mais alto e ao encontro do típico universo flutuante e inebriante em que assenta a psicadelia.

Os TOY têm a grande virtude de não viverem apenas da guitarra para realçar as suas melhores caraterísticas; A bateria pulsante que nos fez descolar em Condutor, regressa em Left To Wander e em Endlessly, e fá-lo com algum brilhantismo, deixando-nos a salivar pelo que será o futuro dos TOY também ao nível da percurssão. E depois também há que não menosprezar a voz de Tom Dougall que na introspetiva Frozen Atmosphere denota aquela encantadora fragilidade que emociona qualquer mortal, ainda mais quando é acompanhada por um instrumental épico e marcante, algo também muito audível e plenamente alcançado na excelente It’s Been So Long.

Estes são apenas mais dois exemplos de dois temas que marcam Join The Dots e que demonstram que os TOY apontam agulhas para um futuro trilhado por percursos sonoros interessantes, pintados por uma psicadelia que escorre, principalmente, nas guitarras, cimentando o cliché que utilizei no final da crítica que escrevi ao disco de estreia da banda; Na minha opinião, gostar de TOY continua a ser, cada vez mais, uma simples questão de bom gosto. Confere...

TOY - Join The Dots

01. Conductor
02. You Won’t Be The Same
03. As We Turn
04. Join The Dots
05. To A Death Unknow
06. Endlessly
07. It’s Been So Long
08. Left To Wander
09. Too Far Gone To Know
10. Frozen Atmosphere
11. Fall Out Of Love

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 21:49


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon -Programa 422


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.