Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Low Roar - Low Roar

Terça-feira, 20.12.11

Low Roar é o projeto a solo de um músico chamado Ryan Karazija, que depois de alguns anos em São Francisco, na Califórnia, a tentar dar vida à banda Audrye Sessions, decidiu atravessar o Atlântico e instalar-se em Reiquiavique, capital da Islândia. Finalmente aí conseguiu o seu momento Cinderela, sendo o frio mas inspirador ambiente local o sapato onde a sua música conseguiu encaixar. Assim, no passado dia um de novembro lançou o seu dico de estreia homónimo através da Tonequake Records.

Não sei se a culpa é do longo e rigoroso inverno, das paisagens rochosas, ou das águas das inúmeras nascentes que banham aquela ilha, mas há algo de incrível naquela atmosfera e que pelos vistos inspira decisivamente à criação musical. E depois de tantos anos de busca, parece que foi mesmo na Islândia que este artista introvertido mas cheio de talento, parece ter encontrado a sua redenção sonora. Cada canção deste Low Roar é uma tela brilhante, lentamente pintada com sons onde a música parece mover-se através de um ambiente carregado daquela típica neblina destas frias manhãs de inverno. A forma como ele toca viola neste Low Roar deixou-me impressionado, não só devido à musicalidade criada, como à intemporalidade da mesma e à centelha criativa que a sustenta. Destaco a sequência The Painter e Help Me, que parece-me ser o momento nevrálgico do álbum e onde outro ponto forte de Low Roar, que é a sua voz, eleva-se ao máximo da beleza intemporal, num registo a fazer-me lembrar os melhores momentos de Thom Yorke em Numb ou Street Spirit (Fade Out). Ryan é decididamente um especialista na criação de canções lacrimejantes e que transportam as nossas emoções para um estado emocional que pode parecer depressivo, à imagem dos conterrâneos Sigur Rós, mas que acaba por ser libertador.

Com o nosso inverno no seu clímax e um solstício à porta, ouvir este disco parece-me a banda sonora ideal para sentir o pulsar desta estação do ano em que vivemos, até por ser um álbum sombrio e melancólico, mas que também servirá para introspeção e relembrar-nos que um dia a primavera voltará a chegar. A única coisa que temos enterrado profundamente dentro de todos nós, e fora de vista, é o nosso coração; Low Roar fá-lo pulsar mais forte e aquece-o devidamente. Espero que aprecies a sugestão...

01. Give Up
02. Just A Habit
03. Nobody Else
04. Patience
05. Low Roar
06. Friends Make Garbage (Good Friends Take It Out)
07. The Painter
08. Help Me
09. Rolling Over
10. Puzzle
11. Because We Have To
12. Tonight, Tonight, Tonight

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 21:19


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 423


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.