Sábado, 26 de Novembro de 2011

Icarus Himself - Career Culture

Icarus Himself começou por ser,  em 2008, um projeto a solo de Nick Whetro, que se tornou numa banda meses depois com o ingresso dos amigos Brad Kolberg na bateria e do multi-instrumentista Karl Christenson. Estrearam-se nos discos em 2009 com Coffins e agora, no passado mês de outubro, editaram Career Culture através da Science Of Sound Records. As influências desta banda americana natural do Wisconsin vão de Kurt Vile a Deerhunter, passando por The Who e David Bowie.

As palavras que se ouve e que viajam para dentro e para fora da nossa mente todos os dias, um fio de conversa ouvida, uma letra de uma canção que lembra um velho amor, uma observação sobre alguém que nunca vimos, uma pontada de amor, ou de dor, são os fragmentos da nossa vida sobre os quais estes Icarus Himself parecem gostar de escrever e cantar. Career Culture é um disco folk, ou seja, muito bem balizado em termos de sonoridade, mas tremendamente dísptar, de canção para canção, no que concerne à mensagem; Às vezes parece que se ouve as mesmas frases repetidas vezes, as mesmas linhas de guitarra, mas com várias audições acabamos por perceber que foram apenas excertos que se acumularam no nosso subconsciente por terem sido elementos do disco belos e que em anteriores audições marcaram.

Logo no início, em Wake Up, Nick Whetro convida-nos literalmente a acordar porque talvez seja hora de fazer tudo de novo ou, melhor ainda, de dar verdadeiro valor ao que já se tem antes de se achar que a vida não é generosa. Naqueles três minutos iniciais é como se a vida se resumisse, porque a repetição contínua de again é no fundo a nossa história, a história de cada um onde o segredo está nas variantes que vamos introduzindo enquanto ela se desenrola.

Depois, ao longo do álbum, Nick fala do tédio da classe trabalhadora, mas que encontra no amor o verdadeiro caminho e o definitivo lugar ao sol. E os elementos da escrita do músico que falam destas aparentes banalidades são preenchidos e interligados com a performance viva, entusiasta e encorpada dos já citados baterista Brad Kolberg e do instrumentista Karl Christenson. O som de maracas e uma guitarra difícil de definir, sustentam Mornings At The Bar, como se estar nesse local que a canção descreve fosse viver um período de férias da triste realidade, dando à canção um burburinho de prazer de curta duração tão bom que, no fim da música, a dor do acordar desse sonho parece bem real. Tambores vindos de uma selva qualquer e um baixo vibrante unificam WI via IN num som muito emocionante, épico e até encorajador. E se tens dificuldade em imaginar um lugar ao sol no Wisconsin, terra natal destes Icarus Himself, então ouve com atenção On Your Side, uma canção de amor onde Whetro entrega com calma cautelosa sobre a guitarra elétrica toda a alegria que parece estar a sentir no instante em que canta. É, decididamente, uma das melhores canções do ano.

Em suma, este Career Culture é um disco que saiu diretamente da América profunda para nos mostrar como a vida realmente é, com a crueza e as limitações naturais da imperfeição humana. Mas também aponta caminhos para que a nossa vida seja digna e feliz, apontando toda a sinalética para o coração e tudo aquilo que de bom ele possa guardar. Espero que aprecies a sugestão...

01. Wake Up
02. Anywhere You Go
03. Mornings At The Bar
04. You Think You Know
05. Precious Holder
06. Wi Via In
07. Half Moon Eyes
08. MCO
09. On Your Side
10. In Sept.
11. Used To Be


autor stipe07 às 16:02
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...

eu...


more about...

Follow me...

. 50 seguidores

Powered by...

stipe07

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parceria - Portal FB Headliner

Facebook

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Em escuta...

Twitter

Twitter

Blogs Portugal

Disco da semana 73#

Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

16
22

23
26
27
28
29


posts recentes

Anibal Zola - Vida de Cão

Foreign Fields – Don’t Gi...

The Strokes – Bad Decisio...

Tame Impala – The Slow Ru...

The Radio Dept. – The Abs...

Vila Martel - Ninguém

Basic Plumbing – Keeping ...

Elephant Stone - Hollow

Dela Marmy - Not Real

The Strokes – At The Door

The Jungle Giants – Sendi...

Balthazar – Halfway

Vundabar – Petty Crime

Say Hi – Diamonds And Don...

Dan Deacon - Mystic Famil...

Grand Sun - Veera

Destroyer – Have We Met

Spicy Noodles - Sensacion...

Badly Drawn Boy – Is This...

Clock Opera – Imaginary N...

Vundabar – Burned Off

The Artist Is Irrelevant ...

Happyness – Vegetable

Noiserv - Meio vs Neutro

The 1975 – Me And You Tog...

X-Files

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

take a look...

I Love...

Os melhores discos de 201...

Astronauts - Civil Engine...

SAPO Blogs

subscrever feeds