Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tindersticks - Distractions

Quinta-feira, 04.03.21

Os Tindersticks de Stuart Staples e David Boulter estão finalmente de regresso aos discos com Distractions, um alinhamento de sete canções bastante marcadas pelo contexto pandémico atual, nomeadamente no processo de gravação das mesmas que, de acordo com Staples, foi algo doloroso porque criar, compor, misturar e produzir à distância não é um modus operandi com o qual a dupla que encabeça o projeto se sinta particularmente confortável. Seja como for, Distractions, o décimo terceiro disco dos Tindersticks, é um registo muito orgânico, encarnando uma forte componente experimental e uma busca por novas sonoridades algo inéditas na discografia do grupo, nomeadamente as origens do chamado punk rock, com o groove do baixo a ser um instrumento fulcral no arquétipo sonoro do registo, assim como o piano, tocado sempre com uma elegância sombria inimitável.

Tindersticks Announces New Album Distractions for February 2021 Release and  Shares New Song "Man along (can't stop the fadin')" - mxdwn Music

Com quatro originais e três versões, A Man Needs a Maid, de Neil Young, You’ll Have To Scream Louder, dos Television Personalities e Lady With the Braid, de Dory Previn, Distractions abre as hostilidades com Man Alone (Can’t Stop The Fadin’), a mais longa canção que os Tindersticks já gravaram até hoje. É uma espetacular composição, tremendamente cinematográfica, assente num vigoroso baixo, uma batida hipnótica e variadíssimas sobreposições milimétricas de efeitos vocais, tudo apresentado com uma emotividade crescente, e um clima impregnado numa aúrea de mistério e sensualidade únicos. 

Está dado o mote para um alinhamento com uma míriade instrumental densa e elaborada, como é apanágio dos Tindersticks, onde não faltam os habituais sopros, sem dúvida outra das principais imagens de marca deste projeto. É um naipe de canções ricas em pequenos detalhes e muitos deles deliciosamente hipnóticos, que evidenciam o charme muito próprio e a matriz identitária bastante vincada do grupo, ao mesmo tempo que absorve a tal exploração de um ideário sonoro que há umas quatro décadas colocou um universo mais negro e depressivo na primeira linha do rock alternativo.

Assim, num registo que pleno de soul, exuberante e hirto, que penetra na nossa pele até ao âmago e nos faz tremer, enquanto eriça todos os nossos sentidos, canções como a já referida You’ll Have To Scream Louder, uma versão bastante solarenga e jazzística do original dos Television Personalities, Tue-moi, um dos originais, inspirado nos ataques a Paris e Manchester, cantado na língua de Voltaire e com Staples divino ao piano e The Bough Bends, outra longa composição, na qual um chilrear de pássaros e uma flauta embalam a magnífica capacidade declamativa de Staples, são o pináculo de uma teia sublime, mágica e com uma beleza muito imediata e acessível. Espero que aprecies a sugestão...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 13:23






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 429


Disco da semana 120#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Março 2021

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.