Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Iceage - Plowing Into The Field Of Love

Domingo, 07.12.14

Depois de terem editado em 2011 New Brigade, o disco de estreia, os dinamarqueses Iceage de Dan Kjær Nielsen, Elias Bender Rønnenfelt, Johan Wieth e Jakob Tvilling Pless, sairam-se bem do teste que o sempre difícil segundo disco coloca às estreias auspiciosas quando, o ano transato, surpreenderam novamente com You're Nothing, um álbum gravado e produzido pela banda em Copenhaga e que, além de ter mostrado uns Iceage mais maduros, fez com que o seu som tivesse repecurssões várias e nem sempre pelos melhores motivos, já que viram-se confrontados frequentemente com a acusação de serem porta estandartes de ideologias apologistas da extrema direita e de serem admiradores do nacional socialismo, havendo mesmo vídeos de concertos onde algum público ergue o braço fazendo a saudação nazi. Independentemente disso, nesse segundo trabalho a sucessão de choques entre voz, guitarra e bateria tornou-se mais agressiva, intensa e visceral, mas sem deixar de lado a saudável acutilância que os define, pelo que Plowing Into The Field Of love, o novo trabalho do grupo, editado recentemente pela Escho e distribuido pela Matador Records, era aguardado com enorme expetativa.

Importa antes de mais realçar que em Plowing Into The field Of love, a atitude e a energia do punk continua bem patente e a voz do vocalista Elias, muito semelhante ao registo de Nick Cave, monocórdica, gasta e esforçada, ajuda em muito à criação da atmosfera negra por cima do pano de fundo punk, principalmente quando surge entrelaçada com pianos e guitarras distorcidas. Against The Moon é um dos grandes destaques do trabalho, não só por conter um piano partiucalrmente inspirado a marcar a cadência do tema, mas principalmente porque, na canção, a voz teatral de Elias carrega um clima particularmente sofrido que ajuda imenso a conferir ao tema um forte e certamente desejado clima emotivo.

É fácil imaginar estes Iceage a tocar em ambientes obscuros e apertados, com uma forte neblina interior, onde mal se distinguem os rostos, os cheiros e os estados de alma de quem os escuta e de quem acompanha o cariz fortemente inspirado, mas claramente enraivecido da sua música. Esta perceção é potenciada pelo negrume das letras, com destaque não só para a já referida Against The Moon, mas também para Glassy Eyed, Dormant And Veiled, uma canção que fala sobre o abuso parental, mas também pela postura dramática da banda e a aúrea depressiva que os envolve. Há detalhes como o rock vintage de The lorde's Favorite, os trompetes de Forever ou a percussão de Let It Vanish, que servem esse firme propósito de adensar um disco que acaba por funcionar como um bloco sombrio e único de som, um soco direto que estraçalha os maxilares e os ouvidos de quem chega desprotegido. Esta estratégia agressiva está desprovida de qualquer proximidade com o comercial, mas é certamente nada inocente e a sujidade que impregna o álbum aprisiona-nos numa espécie de relação de amor ódio com os Iceage.

Numa época em que o punk anda arredado das rádios e tem pouco airplay, é sempre salutar confirmar que há grupos que procuram combater este cenário e que a rebeldia do bom e velho punk rock continua bem viva. Os Iceage relembram-nos que as reverbações caóticas e as paredes de ruídos sintetizados em avalanches constantes de distorção, às vezes com camadas extra de sons claustrufóbicos, fazem sentido quando atingem o nível de inspiração que estes quatro rapazes dinamarqueses denotam. Espero que aprecies a sugestão...
1. On My Fingers
2. The Lord’s Favorite
3. How Many
4. Glassy Eyed, Dormant and Veiled
5. Stay
6. Let It Vanish
7. Abundant Living
8. Forever
9. Cimmerian Shade
10. Against The Moon
11. Simony
12. Plowing Into The Field Of Love

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 23:09

The Killers - Joel The Lump Of Coal (Feat. Jimmy Kimmel)

Domingo, 07.12.14

The Killers - Joel The Lump Of Coal (Feat. Jimmy Kimme)

Já é tradição natalícia os texanos The Killers, de Brandon Flowers, brindarem os fãs com uma canção de Natal, ano após ano, com o resultado das vendas ser doado, integralmente, ao combate contra a sida, através da organização RED.

Se em 2011 foi The Cowboys Christmas Ball, no ano seguinte I Feel It in My Bones e em 2013 Christmas In L.A., agora, em 2014, o tema intitula-se Joel The Lump Of Coal, é sobre um pedaço de carvão muito especial e conta com a participação especial do apresentador Jimmy Kimmel. Confere...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 14:16






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 423


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Dezembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.