Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Kurt Vile and The Violators - It’s A Big World Out There (And I Am Scared) EP 19 nov

Segunda-feira, 09.12.13

Wakin On A Pretty Daze, o último longa duração de Kurt Vile e que divulguei na última primavera, foi reeditado numa edição de luxo, no passado dia dezanove de novembro pela Matador Records e com ele veio um novo EP intitulado It’s A Big World Out There (And I Am Scared). São mais sete canções que resultaram de uma colaboração entre Vile e a banda The Violators, produzidas pelo próprio Kurt Vile e misturadas por Rob Laakso.


Kurt Vile parece ter encontrado um ponto de equilíbrio dentro das composições e dos sons que propôe há já uma década. Ancorado em músicas cada vez mais confortáveis, o compositor vem desde 2008, com Constant Hitmaker, trilhando caminhos sonoros feitos de guitarras simples e uma voz emocionada e romântica, sem nunca pôr de lado uma certa toada psicadélica. Wakin on a Pretty Daze foi uma sequência do que já tinha proposto há dois anos, mas agora ele procura posicionar-se no universo indie num lugar cada vez mais amplo, já que não se limita apenas às confissões românticas e caseiras, mas também busca, através de pequenas viagens lisérgicas tratadas na instrumentação ou no uso de letras que rompem com a proposta intimista do trabalho passado, ser menos tímido e mais grandioso.

Estas novas canções de Kurt Vile mantêm as suas recentes viagens ao rock psicadélico da década de setenta e manifestam instrumentalmente, com a preciosa ajuda dos The Violators, as reformulações plasmadas no disco que acompanha o EP, sendo as mesmas não só sobras reformuladas do processo de gravação de Wakin On A Pretty Daze, mas também versões mais cruas de temas que fazem parte do alinhamento do disco. Snowflakes Are Dancing aparece no EP rebatizada como Snowflakes Extended e Never Run Away tem agora uma versão com maior ênfase nos sintetizadores programados com timbres de cordas, além de um minuto e meio extra na canção seguinte (NRA Reprise) e mais quase dois minutos de sua melodia ao final do EP ((reprise reprise)).

Feel My Pain é um dos inéditos do EP, uma canção que assenta numa viola acústica crua e algo erudita e com uma duração que dá a falsa sensação que a música não tem fim, acabando por ser um excelente refúgio entre o dedilhar de cordas que Vile nos mostra. Aliás, pela forma como os arranjos se acomodam, não é difícil encontrar uma aproximação ao que Neil Young produziu no começo da sua carreira, deixando para os instantes mais comportados uma forte relação com a obra de Nick Drake, nomeadamente quando propôe melodias mais convencionais ou na forma como derrama versos com um certo pendor bucólico, ao mesmo tempo que não se esquece de deixar-se levar pelo que de mais comercial e coerente existe na música atual.

Kurt Vile jamais se perde no caminho, mesmo quando inova com as tais passagens instrumentais extensas que discutem amor, saudade ou meras futilidades diárias, como se o músico apenas observasse o tempo passar e fosse capaz de descrever cada mínimo aspecto sobre ele.It’s A Big World Out There (And I Am Scared) é essencial para uma melhor compreensão de Wakin On A Pretty Daze e garanto que acrescenta algo ao ouvinte no final. Espero que aprecies a sugestão...

Kurt Vile And The Violators - It's A Big World Out There (And I Am Scared)

01. Never Run Away (String Synth)
02. NRA Reprise
03. Feel My Pain
04. Snowflakes Extended
05. Wedding Budz
06. The Ghost Of Freddie Roach
07. (reprise reprise)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 18:35

Glass Animals - Psylla

Segunda-feira, 09.12.13

ef5254fc29bff2f74b58e74296490809

Lançado no passado dia treze de novembro pela Wolf Tone, a nova editora de Paul Epworth, um produtor responsável por alguns dos mais importantes lançamentos discográficos da pop britânica dos últimos anos (Adele, Bloc Party, Florence & TheMachine), Psylla é o novo single dos norte americanos Glass Animals e um dos temas mais interessantes e inovadores que ouvi ultimamente.

Com uma sonoridade eletrónica algo minimal mas, ao mesmo tempo, rica em detalhes e com um groove muito genuíno, Psylla tem uma atmosfera dançante, mas também muito introspetiva e sedutora. Nela encaixam indiefolkhip-hop e electrónica, com noção de equilíbrio e um limbo perfeito, que nos faz descobrir a complexidade do tema à medida que o vamos ouvindo de forma viciante. O lado b deste single é Woozy, um tema que conta com a participação especial de Jean Deux.

A banda andou recentemente a abrir alguns dos concertos da mais recente digressão de Tricky. Confere...

Glass Animals - Psylla

01. Psylla

02. Woozy (Feat. Jean Deaux)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 12:40






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 423


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.