Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



The 1975 - The 1975

Quinta-feira, 19.09.13

Prometido já desde o final de 2012, chegou finalmente aos escaparates The 1975, o disco homónimo de estreia dos The 1975, um quarteto britânico que começa a dar cartas no universo indie rock. O trabalho chegou às lojas no passado dia nove de setembro e contou com a produção de Mike Crossey, que já trabalhou com os Arctic Monkeys, entre outros. The 1975 foi precedido de dois EPs, Sex e Facedown, trabalhos que deram a conhecer a sonoridade única da banda e que deixaram imensos radares sonoros ansiosos por este longa duração, lançado por intermédio da Dirty Hit em parceria com a Polydor.


Os The 1975 seguem uma tendência muito em voga no universo sonoro britânico, já que fundem o rock com sonoridades típicas dos anos oitenta, nomeadamente o eletropop e a chamada synth pop. Procuram assumir-se através de canções feitas em redor de refrões aditivos e melodias de fácil assimilação, com a vertente comercial a ser um fator importante do processo de composição, ou seja, procuram chegar já às massas sem passar por um processo de maturação que se calhar lhes seria favorável.

The 1975 não é necessariamente um mau disco, mas é facilmente percetível que estamos na presença de um daqueles casos de um grupo que quis, como se diz na gíria, dar um passo maior que a perna. A guitarra assume o papel principal, mas as temáticas relacionadas com o sexo, dinheiro e as questões fundamentais da adolescência acabam por reduzir um pouco o cardápio de canções a um conjunto de clichés que ofuscam uma superior capacidade inventiva que eu acrredito que estes quatro rapazes têm, em prol da transmissão de uma imagem de ecletismo e personalidade que talvez ainda não possuam.

The City, Sex e Chocolate são excelentes canções, apostas firmes para singles de promoção do disco, mas a sua elevada extensão (dezasseis músicas em cerca de cinquenta minutos) acaba por fazer com que o efeito positivo que elas têm se dilua um pouco no conjunto final, carregado com as tais referencias pop dos anos oitenta e uma forte tendência radiofónica. Tendo implicitamente as pistas de dança na mira, os The 1975 atiram um pouco em todas as direções, mas mostram que têm a capacidade de, sendo mais concisos e objetivos, poderem ampliar a sua qualidade futura. Apesar de ter desiludido um pouco, The 1975 não deixa de ser um interessante cartão de visita de um grupo que aposta num nicho sonoro já um pouco saturado, mas que denota poder vir a fazer muito melhor, desde que, provavelmente, lhes seja dada maior independência e liberdade criativa. Espero que aprecies a sugestão...

The 1975 - The 1975

01. The 1975
02. The City
03. M.O.N.EY.
04. Chocolate
05. Sex
06. Talk!
07. An Encounter
08. Heart Out
09. Settle Down
10. Robbers
11. Girls
12. 12
13. She Way Out
14. Menswear
15. Pressure
16. Is There Somebody Who Can Watch You

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 22:17






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 421


Disco da semana 113#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.