Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Statistics - Peninsula

Quinta-feira, 11.07.13

Após oito anos de silêncio, o projeto a solo do guitarrista dos Desaparecidos e natural de Denver, no Nebraska, Denver Dalley, está de regresso com Peninsula, disco editado no passado dia vinte e cinco de junho por intermédio da Afternoon Records e que sucede a Often Lie, álbum que viu a luz do dia em 2005. De acordo com o press release do disco, Dalley já trabalhava em Peninsula há cinco anos, um trabalho que inclui uma cover de Pictures of Success, um original de Rilo Kiley e Take the Lead, tema que conta com a participação especial dos Har Mar Superstar. O single Nineteen Ninety Nine está disponível para download gratuito no sitio da editora.


Peninsula tem duas remisturas no final e, no seu núcleo duro, onze canções originais impregnadas com uma mistura de rock com eletrónica, mas sempre com as guitarras no comando do processo de composição, servindo os sintetizadores e as teclas essencialmente como conetores na condução melódica, além de serem, quando ganham maior destaque, várias vezes responsáveis pelo cariz mais etéreo e épico de algumas canções. 

Dalley começou a sua carreria musical muito novo e no punk rock, um tipo de sonoridade que não influenciou Peninsula e que Dalley apenas explora nos Desaparecidos. No projeto Statistics Dalley aproveita para explorar novos sons com a sua guitarra, elétricos e acústicos e alguns elementos da eletrónica que fazem parte do seu gosto pessoal mas, como já referi, as cordas são o elemento base primordial.

Um aspecto importante em Peninsula é a evidente heterogeneidade entre as canções. Logo na metade inicial, se o single Nineteen Ninety Nine e Take The Lead são duas canções cheias de ritmo e luz, essa toada mais rápida é logo quebrada por Lock Me Down, um tema conduzido pelas teclas de um piano e um momento intimista e com um forte cariz nostálgico e por Menu Screen, talvez a canção onde o sintetizador se sobrepõe e ganha maior destaque, mas que é logo quebrado, sem dó nem piedade, pela robustez das cordas e pela intensa percussão de Fever Sleep. Waiting é outra canção com um elevado pendor eletrónico e talvez aquela onde é criado o ambiente com cariz mais nostálgico, já que nos transporta imedidatamente para a pop eletrónica dos anos oitenta. Essa nostalgia, se bem que com uma vertente mais acústica, encerra brilhantemente Peninsula com um belíssimo instrumental sem título.

Apesar de já terem passado oito anos desde que foi lançado o antecessor e de Peninsula estar a ser idealizado e trabalhado desde 2008, isso não significa que as canções denotem algum desgaste ou indefinição que não lhes permita terem resistido à erosão do tempo. O trabalho de produção é impecável e realça a capacidade musical eclética de Dalley assim como as suas excelentes capacidades vocais. Oxalá não seja preciso esperar mais oito anos para termos um sucessor para Peninsula, um disco contemporâneo e que se escuta com indisfarçável prazer e satisfação. Espero que aprecies a sugestão...statistics peninsula cover

 

Rewind

Nineteen Ninety Nine

Take the Lead (feat. Har Mar Superstar)
Lock Me Down
Menu Screen

Fever Sleep
Waiting
Look Alive

Pictures of Success
Sendoff
11. -
Nineteen Ninety Nine (Ghosthouse Remix)
Waiting (Intramural Remix)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 22:02

Curtas... CXIV

Quinta-feira, 11.07.13

Fuzz é o nome do novo projeto do genial Ty Segall, músico responsável por outros projetos que vou divulgando e que me têm agradado imenso (http://stipe07.blogs.sapo.pt/310076.html). Em Fuzz, Ty Segall volta às origens da psicadelia através de temas cheios de riffs poderosos, como comprova Loose Sutres, o primeiro single divulgado de Fuzz, disco homónimo de estreia do projeto e que será editado a 1 de outubro, via In The Red. Loose Sutres está disponível para download gratuitamente e lá para outubro partilharei certamente a minha crítica ao álbum. Confere ...

Fuzz

 

Brendan Canning, um membro fundador dos Broken Social Scene e um veterano no indie rock, prepara-se para lançar mais um disco a solo e que se chamará You Gots 2 Chill. Este trabalho sucede a Something for All of Us (2008) e verá a luz do dia a 1 de outubro por intermédio da Draper Street Records. O trabalho terá uma sonoridade bastante acústica e nostálgica, como comprova Plugged In, o primeiro single divulgado e disponibilizado gratuitamente pelo músico. Confere...

 

Os HOLY GHOST! acabam de revelar uma nova canção chamada Teenagers In Heat, produzida pelo incomparável James Murphy. A canção fará parte de Dynamics, o segundo disco do projeto, que será editado a 10 de setembro pela DFA e pode ser obtida gratuitamente no Soundcloud oficial do grupo. Confere...


My computer thinks I'm gay, I threw that piece of junk away... Assim começa Brian Molko a cantar em Too Many Friends, o primeiro avanço para Loud Like Love, o próximo disco dos Placebo e sétimo da carreira da banda, um trabalho que verá a luz do dia a dezassete de setembro. Confere...

Placebo - Too Many Friends


Os norte americanos We Are Scientists acabam de divulgar, através da Neon Gold Records, Something About You, o primeiro de um conjunto de sete temas que ficaram de fora do alinhamento do próximo disco deste grupo de Brooklyn, Nova Iorque. A sonoridade dream pop da canção foge um pouco à habitual crueza do grupo e por isso este é um tema que merece audição atenta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 14:39






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon -Programa 422


Disco da semana 114#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Julho 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.