Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eksi Ekso - Archfiend

Terça-feira, 18.06.13

Os norte americanos Eksi Ekso são Jacob Cole, Tom Korkidis e Sean Will, um trio de Boston e Archfiend o álbum mais recente do  grupo, editado a sete de maio, por intermédio da The Mylene Sheath/Magic Bullet Records. Todas as canções de Archfiend foram escritas por Tom Korkidis e o disco foi produzido por Scott Solter (Superchunk, Spoon e the Mountain Goats), tendo como maior curiosidade o facto de ser inspirado na vida de um serial killer norte americano, que viveu no século XIX, chamado H.H. Holmes.

A audição deste álbum conceptual remete-nos facilmente para os idos anos oitenta, cada vez mais presentes no retro e saudosista cenário alternativo altual.  Terceiro disco de uma banda catalogada como intérprete exemplar do dito rock progressivo, Archfiend impressiona pela sonoridade aberta e luminosa e pelo forte apelo que faz à dança. Um belo exemplo deste apelo está no single Gold Cures, uma típica canção pop cheia de groove, extremamente funky e adornada por detalhes da eletrónica e por um intenso saxofone.

Archfiend tem uma camada instrumental equilibrada e diversificada. Além do baixo e de uma bateria bem marcada, gravada em diferentes camadas, algo bem explícito em Blood Rivals. Os sintetizadores e o saxofone acabam por ser, ao longo das dez canções, as grandes marcas dessa busca por uma época que marcou positivamente o cenário musical indie. A voz de Tom Korkidis, com um registo que lembra Paul Weller, é também um dos principais atributos do disco, não só porque consegue passear entre registos graves e agudos, mas porque tem uma aúrea intensa e uma certa sensualidade que nos faz esquecer rapidamente que está a cantar poemas que retratam a vida de um dos maiores criminosos e assassinos da história da América.

Archfiend é, de certa forma, uma espécie de documentário pop contemporâneo sobre o lado mais obscuro da vida de uma das personagens mais intrigantes da história de um país rico em mitos, reproduzida também na capa do álbum e que pelos vistos, apesar desse lado macabro, era um excelente pai e marido.

Uma das canções mais interessantes é Murder Castle; As letras aparentemente inocentes sobre um castelo como outro qualquer, mudam totalmente de significado quando ficamos a saber que Murder Castle foi o nome que Holmes deu a um hotel que abriu propositadamente para poder cometer aí alguns dos seus maiores crimes. Heiresses é sobre duas herdeiras de importantes propriedades no Texas onde passava um caminho de ferro e Trophy Horse está cheio de referências ao facto de a maior parte das vitimas deste lunático terem sido mulheres.

Com sintetizadores melancólicos, constantes mudanças nos padrões de ritmo e transições intrigantes entre os sons que replicam, como se exige a um disco que procura, com sucesso, ser nostálgico, tendo os anos oitenta como referência, Archfiend é um álbum essencial para quem gosta da sonoridade típica dessa época e aprecia o uso da música como veículo para recordar personagens e histórias com marca e significado. Archfiend está disponivel para audição no bandcamp dos Eksi Ekso. Espero que aprecies a sugestão...

Eksi Ekso - Archfiend

1. Pet Monster
2. Glass Damsels
3. The Ragtag Brigade
4. Gold Cures
5. Blood Rivals
6. Trophy Horse
7. Hover and Linger
8. Writhe
9. All Hail the Alchemist
10. Heiresses

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 21:37






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 423


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Junho 2013

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.