Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lower Dens – Nootropics

Sábado, 19.05.12

Os Lower Dens são uma banda norte americana natural de Baltimore, liderada por Jana Hunter e que em 2010 nos brindou com o emocionante álbum de estreia Twin-Hand Movement. No passado dia um de maio regressaram aos lançamentos discográficos com Nootropics, um disco lançado pela Ribbon Music e que se deve ouvir sem expetativas porque aviso desde já que nos irá sugar para uma rede sonora construída com ritmos repetitivos e um emaranhado de sons e imagens etéreas.

Nootropics é um disco que vale a pena ouvir e destaco logo os mais de sete minutos que unem Brains e Stem no começo do trabalho, que configuram uma verdadeira viagem sonora por mais de cinco décadas de produção musical conduzida apenas pelas guitarras de Will Adams. Um passeio surpreendente que mergulha na vanguarda dos The Velvet Underground, passa pela curta discografia dos Joy Division e absorve Kevin Shields, até desaguar num instrumental que emociona. Intencionalmente denso, o trabalho transparece o resultado de uma banda que já nasceu madura, dotada de um som abrangente e tomado pelos detalhes. É um projeto adulto e no seu interior há ajustes, pequenas reformulações e tiques de originalidade que irão certamente fazer escola e que dão um tom hipnótico a Nootropics, sendo um belo exemplo disso Lion in Winter Pt. 1, uma composição dotada de várias sobreposições sonoras.

Mas no resto do disco a evocação de outras influências não fica pelas já citadas; Neste Nootropics os Lower Dens navegam por vários destinos e influências, que servem para ecoar melancolia e amargura, faltando citar ainda uma aproximação evidente aos Beach House, nomeadamente nos teclados de Nova Anthem, Alphabet Song e Stam. Em Brains, além das influências já citadas, é possível encontrar um fundo de The Walkmen, talvez do disco You & Me de 2008, enquanto o ar nostálgico de Lion in Winter Pt. 2 manifesta novo travo à banda de Ian Curtis e também aos The Smiths. O disco termina com In The End Is The Beginning, uma odisseia de doze minutos que se revela aos poucos em pequenos apontamentos de guitarra e que acaba num tom dramático que nos conquista por completo.

Meticuloso e sombrio, o disco está pois impregnado com um caleidoscópio acinzentado de ritmos, sons e versos que passeiam por recordações do passado e por pequenas frações de pensamentos individuais que musicadas nos soam próximas, como se as canções quisessem conversar connosco. Nele, os Lower Dens conseguem criar ambientes mais sombrios e menos optimistas, mais surreais e menos idílicos, sem perder a levitação transmitida pelas instrumentações arrastadas, sendo muito interessante perceber que todas estas influências e sonoridades já foram testadas milhares de vezes por outros artistas, mas em Nootropics houve a capacidade de executar algo abrangente e detalhado e através de canções que, como já disse,  dialogam com o ouvinte.

Num mundo de constantes lançamentos excessivamente cuidadosos e sempre épicos, produzir um disco sincero e que consiga emocionar ainda é algo raro e fundamental para me impressionar. E esta banda conseguiu-o com plenitude. Espero que aprecies a sugestão...

Lower Dens - Nootropics

01. Alphabet Song
02. Brains
03. Stem
04. Propagation
05. Lamb
06. Candy
07. Lion In Winter Pt. 1
08. Lion In Winter Pt. 2
09. Nova Anthem
10. In The End Is The Beginning

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 17:03






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 421


Disco da semana 113#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.