Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bored Man Overboard - Rogue

Quinta-feira, 16.02.12

O poder da música e a sua beleza é algo que deve ser apreciado e sentido devidamente e os Bored Man Overboard, um coletivo natural de Estocolmo, mostram-nos isso, com todo o esplendor, em Rogue, o disco de estreia deste grupo sueco, lançado através da Hazelwood/ Rough Trade/ Border Music, já em janeiro de 2011. E  o disco é tão bom que desde já penitencio-me por só agora, mais de um ano depois, o partilhar e censuro quem, caso o conheça, não mo tenha referenciado em todos estes meses. A banda formou-se em 2007, mas só no ano seguinte, quando lançaram o EP de estreia Sinner Song, é que assentaram a formação atual de sete elementos. Nesse EP destacou-se a homónima Sinner Song que tornou-se na banda sonora do trailer sueco da série norte americana Dexter.

Rogue é um disco fantástico e que deve ser desfrutado do início ao fim e sem interrupções. A sonoridade das canções oscila entre a orquestração e o minimalismo, encontrando-se em várias o meio termo perfeito, nomeadamente em Abigail e Health And Cry, canção cujo grito gélido quase no seu final parece que desconstrói o que há de mais profundo nas nossas emoções. O vocalista David Khan soa como uma mistura entre Anthony (Anthony & The Johnsons), Peter Heppner (Wolfsheim) e Walker Scott, ou seja, tem uma voz arrepiante, quer na doçura, quer no ênfase que lhe dá, mas é, acima de todas estas referências, uma espécie de alter ego de Matt Berninger.

De imediato surgem-nos várias comparações possíveis, sendo óbvia a sonoridade dos The National em The Optimist, canção que confesso que confundiria com a própria banda norte americana, caso não conhecesse a sua discografia e que tem um sussurro simples, mas que aliado ao trompete lhe dá um cariz épico assombroso.

São vários os momentos no disco pontuados por pequenos detalhes e quanto mais se ouve este disco, melhor ele soa, garanto, porque é um álbum intenso e poderoso, maravilhoso, nada frívolo, cheio de sentimentos e assente numa enorme e reconfortante sensação de melancolia. Os Bored Man Overboard são, ao mesmo tempo, épicos e vibrantes, escuros e reservados; Contam histórias sobre pessoas e este Rogue, além de exigir a nossa atenção, acaba por funcionar como um excelente tónico em momentos de maior solidão e tristeza. Espero que aprecies a sugestão...

01. Abigail
02. A Wedding Dress
03. Wealth And Cry
04. The Optimist
05. There’s No Room In This Evil Heart
06. Cardcastle
07. Vanishing Slow
08. 9th Grade
09. Stopping By Woods
10. Sinner Song
11. Wine

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 13:44






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon -Programa 422


Disco da semana 114#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.