Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sharon Van Etten – Tramp

Quinta-feira, 09.02.12

Como todos sabemos, Brooklyn, um dos bairros mais conhecidos da cidade que nunca dorme, é o berço de incríveis manifestações artísticas e um lugar de diversidade e multiplicidade de géneros culturais. E Sharon Van Etten, cantora e compositora folk, nascida em New Jersey, é uma das figuras cativantes e encantadoras que dão charme à nova cena acústica nova iorquina. Dona de uma voz elegante e agradável, Van Etten distingue-se da maioria das cantoras do género com uma originalidade e personalidade única que transmite em cada canção que compõe. Num tempo em que se multiplica uma euforia que dificilmente entendo por uma tal de Lana Del Rey, que considero mais um produto pop bem fabricado, é esta Sharon a nova voz feminina que me tem encantado.

Tramp é o nome do terceiro álbum de estúdio da cantora, lançado através da Jagjaguwar, sucedendo a Because I Was In Love (2009) e Epic (2010). Confesso que não conheço estes discos anteriores, mas Tramp soa-me bastante pessoal e introspetivo. Nele, Sharon explora muito bem diversas influências e a produção a cargo de Aaron Dessner (um dos integrantes dos The National), deve ter sido decisiva para esta diversidade. É um álbum seguro, intenso e maduro, assente numa folk rock espiritual, com canções convincentes e enérgicas, mas sem ter a pretensão de soar épico.

Van Etten demonstra logo na segunda canção, a suave Give Out, que a sinceridade é um dos focos das letras e a voz da cantora inspira momentos solitários e melancólicos, como se Van Etten quisesse compartilhar com os ouvintes as suas lembranças e histórias. Este lado mais sereno da cantora irá seguramente cativar um número considerável de fãs que admiram harmonias delicadas. A cantora escreve sobre o que conhece e consegue ser suave, intensa, ou até mesmo agressiva quando quer, sem perder a elegância.

no fundo, acaba por haver neste Tramp uma evidente sofisticação musical que encaixa perfeitamente com o ar intimista e calmo das canções, resultando num disco nostálgico e de beleza singular. É a prova final de que Sharon Van Etten é dona de uma voz poderosa e impressionante e que veio para ficar definitivamente. Espero que aprecies a sugestão...

01. Warsaw
02. Give Out
03. Serpents
04. Kevin’s
05. Leonard
06. In Line
07. All I Can
08. We Are Fine
09. Magic Chords
10. Ask
11. I’m Wrong
12. Joke Or A Lie

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 21:05






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 421


Disco da semana 113#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.