Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



The War On Drugs - Slave Ambient

Sexta-feira, 03.02.12

Antes deterem aparecido todas aquelas bandas carregadas com uma sonoridade suavemente suja e lo fi dos anos noventa e da psicadelia dos anos sessenta, já um senhor chamado Adam Granduciel antecipava tais futuras tendências através de trabalhos caseiros construídos na primeira metade da década passada. Este músico norte americano e a sua sonoridade descomprometida e apimentada com pequenos delírios acústicos foi aos poucos transformando-se numa referência para vários artistas em início de carreira, atingindo o apogeu quando lançou Wagonwheel Blues, o primeiro álbum através dos The War On Drugs, através da Secretly Canadian, a editora de sempre da banda. Granduciel já transitava pelas texturas sonoras desse disco, feitas também com algum surf rock, desde 2005, através de uma sequência de EPs. Em 2010, ao lançar Future Weather EP, o músico original de Filadélfia, Pensilvânia, deixava algumas pistas daquilo que encontraríamos nos futuros lançamentos, propondo agora uma sonoridade muito mais abafada e suja, mas ainda assim solta e etérea. Nesse EP já se podia ouvir Baby Missles e Brothers, dois dos grandes destaques de Slave Ambient, o álbum que consolida definitivamente a carreira deste músico no panorama musical e dos seus The War On Drugs,  banda que fica completa com Dave Hartley, no baixo e nas guitarras e Mike Zanghi, na bateria e outros instrumentos de percussão.

Este Slave Ambient apresenta várias novidades relativamente a Wagonwheel Blues, inclusivamente dentro da instrumentação do álbum, com uma musicalidade menos restrita ao formato acústico. A prova disso está em Your Love Is Calling My Name, a canção mais extensa do disco e que inova por apresentar uma sonoridade acelerada, assente no uso de guitarras e dona de uma propriedade musical completamente oposta ao retratado no anterior disco. Esta canção é um verdadeiro postal de portentosas guitarras e de respiração acelerada e a voz de Granduciel soa a algo como um cruzeiro a alta velocidade, abastecido por sintetizadores enérgicos e dançáveis.

Contudo, mesmo apresentando momentos de pura renovação, o álbum decalca também o que já havia de mais tradicional e folk dentro da banda. Músicas levemente sombrias, como It’s Your Destiny e Best Night, captam o ouvinte e sugam-no para dentro da fluidez vagarosa do álbum e também se pode escutar devaneios post punk, nomeadamente em Come To The City e psicadelismos étereos, carregados de reverb, nomeadamente na já citada It's Your Destiny. Tudo isto é possível porque, numa espécie de casamento sem direito a divisão de bens, a electrónica sofisticada une-se ao cariz sonhador denso, parindo uma intensidade languida e preguiçosa, cheia de groove e as cores da pop juntam-se à fórmula clássica do rock para criar um disco bem ao estilo dos cantautores e trovadores vindos da terra do Tim Sam, nomeadamente Bruce Springsteen e Tom Petty, duas referências evidentes dos The War On Drugs.

Slave Ambient não vai mudar as nossas vidas, mas promete relaxar. Acaba por ser um disco que parece ter sido gerado num cenário verdejante e apesar do nome da banda ser, por si só, um prenúncio virulento para o que se pode ouvir, é uma bela banda sonora para encarar a vida com uma leveza imediata e soalheira e para dar um daqueles mergulhos de mar, num final da tarde em pleno verão.

Não finalizo sem destacar a já citada Secretly Canadian, etiqueta responsável pela edição deste Slave Ambient e por Porcelain Raft, o último disco do projeto Strange Weekend e que analisei há alguns dias. Esta editora merece já um lugar de destaque no universo alternativo e os seus lançamentos irão continuar a merecer a minha atenção. Espero que aprecies a sugestão...

1 Best Night
2 Brothers
3 I Was There
4 Your Love Is Calling My Name
5 The Animator
6 Come to the City
7 Come For It
8 It's Your Destiny
9 City Reprise #12
10 Baby Missiles
11 Original Slave
12 Black Water Falls

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 15:28






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 421


Disco da semana 113#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.