Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Guided By Voices - Let's Go Eat The Factory

Domingo, 22.01.12

Após um hiato de seis anos em que a cabeça efervescente de Robert Pollard se dedicou a criar a lançar alguns álbuns a solo, finalmente aquela que é apelidada por muitos como a máquina criativa do indie rock, está de volta com um novo disco de originais; Refiro-me aos Guided By Voices, uma banda já com quase vinte anos de carreira e que terminou um consagrado ciclo de grandes discos com o bom Half Smiles Of The Decomposed de 2004. Voltar, após uma carreira tão bem finalizada, poderia ser um erro ou, no mínimo, um grande desafio, mas parece que Let's Go Eat The Factory aposta na usual sonoridade da banda, tanto nas composições como na gravação e produção e que, por isso, será uma aposta ganha.

A tal sonoridade típica dos Guided By Voices sempre assentou numa pop lo-fi que, quanto a mim, teve o seu apogeu com Universal Truths And Cycles, um disco de 2002 e que também se definia por uma roupagem comercial e límpida. E os singles de Let’s Go Eat The Factory já conhecidos, The Unsinkable Fats Domino e Doughnut for a Snowman, ajudam a perceber que não há aqui fugas ao padrão normal da banda; Assim, enquanto a primeira canção citada atira para o sujo e potente indie oitentista, a outra ruma para um universo oposto com uma melodia e um instrumental mais doce e suave. Esta aparente dicotomia acaba por sobressair se olharmos para o disco como um todo, algo ainda mais simples de balizar quando estamos na presença de um trabalho com vinte e uma canções; Há uma primeira parte do álbum, que alterna do leve e limpo para o cru, mas também nos apresenta momentos de melancolia com Hang Mr. Kite e um blues encaixado nos moldes indie e noise, bem patente em The Big Hat And Toy Show. Esta primeira parte tem o seu apogeu na genial Waves e depois há alguns momentos de inconstância e experimentação, nem sempre bem sucedidos, mas que, não sendo felizmente dominantes, não conseguem ofuscar a excelente primeira parte do álbum e assim torná-lo num fracasso.

Let’s Go Eat The Factory é, em suma, um disco recheado de boas canções, que dá sequência ao bom trabalho realizado nos discos anteriores ao hiato pelo qual passaram estes Guided By Voices. Espero que aprecies a sugestão...

01 – Laundry and Lasers
02 – The Head
03 – Doughnut for a Snowman
04 – Spiderfighter
05 – Hang Mr. Kite
06 – God Loves Us
07 – The Unsinkable Fats Domino
08 – Who Invented the Sun
09 – The Big Hat and Toy Show
10 – Imperial Racehorsing
11 – How I Met My Mother
12 – Waves
13 – My Europa
14 – Chocolate Boy
15 – The Things That Never Need
16 – Either Nelson
17 – Cyclone Utilities (Remember Your Birthday)
18 – Old Bones
19 – Go Rolling Home
20 – The Room Taking Shape
21 – We Won’t Apologize for the Human Race

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 11:27






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 425


Disco da semana 118#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.