Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Boston Spaceships - Let It Beard

Sexta-feira, 02.12.11

Robert Pollard, um dos músicos norte americanos mais influentes e conhecido pelo seu trajeto nos Guided By Voices, regressou em 2011 com o seu projeto paralelo, os Boston Spaceships. Let It Beard é o nome do novo registo desta banda, o quinto e talvez o último, lançado no passado dia dois de agosto através da The Factory of Raw Essentials. Pollard afirma que este disco é uma espécie de fusão do White Album dos Beatles com o Quadrophenia dos The Who e o musical Jesus Christ Superstar de Andrew Lloyd Webber. O disco é bom, sem dúvida, mas há um evidente e megalómano exagero nesta épica declaração.

Para gravar este Let It Beard, Robert requisitou os fiéis escudeiros John Moen, baterista do Jicks, dos The Decemberists e dos Perhapst e Chris Slusarenko, baixista e ex companheiro nos Guided by Voices. Além destes dois amigos, contou ainda com outras colaborações; J Mascis dos Dinosaur Jr. e Mitch Mitchell, também seu companheiro nos Guided By Voices, são alguns deles.
Let It Beard traz dentro de si grandes momentos; Juggernaut Vs. Monolith, You Just Can't Tell, The Vicelords e Tabby And Lucy são alguns destes pontos altos no disco e entre os ecos da era punk na curta Toppings Take The Cake ao clima de balada da No Steamboats, há dentro dele muito que apreciar. Musicalmente o disco acaba por fazer uma espécie de apanhado dos elementos que a banda e o seu mentor desenvolveram ao longo da carreira, com evidência para o indie rock dos anos noventa e referências ao punk rock e ao rock dos anos sessenta.
Este é talvez o disco mais extenso que sugeri e quando à já referida megalomania se junta a promessa de algo do nível de dois dos álbums mais importantes do rock juntamente com o musical mais famoso sobre o tema, não é muito fácil de se acertar na consistência nivelada por alto. Assim, no lugar das vinte e seis canções do repertório, acho que conseguia escolher umas doze que certamente dariam a Let It Beard o epíteto de um dos grandes discos de 2011. Seja como for, vale bem a pena ouvir a possível despedida de setenta e cinco minutos destes Boston Spaceships na íntegra, asseguro. Espero que aprecies a sugestão...

 

1.   Blind 20-20 3:03

2.   Juggernaut Vs. Monolith 1:12

3.   Tourist U.F.O. 4:18

4.   Minefield Searcher 2:17

5.   Make A Record For Lo-Life 3:03

6.   Let More Light In The House 5:10

7.   You Just Can’t Tell 2:01

8.   Chevy Marigold 2:19

9.   Earmarked For Collision 3:45

10.  Toppings Take The Cake 1:09

11.  Tabby And Lucy 3:28

12.  (I’ll Make It) Strong For You 1:57

13.  A Hair In Every Square Inch Of The House 4:46

14.  The Ballad Of Bad Whiskey 2:18

15.  I Took On The London Guys 2:40

16.  Red Bodies 2:53

17.  A Dozen Blue Overcoats 1:29

18.  Pincushion 1:15

19.  Christmas Girl 2:48

20.  Let It Beard 4:14

21.  The Vicelords 3:27

22.  German Field Of Shadows 3:32

23.  Speed Bumps 2:17

24.  No Steamboats 2:38

25.  You In My Prayer 2:30

26.  Inspiration Points 5:24

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 22:12






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 423


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.