Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Faleceu Francisco Ribeiro

Quarta-feira, 15.09.10

Faleceu ontem o músico e compositor Francisco Ribeiro, um dos fundadores do colectivo Madredeus; Tinha 45 anos e foi vítima de cancro no fígado.

O também violoncelista e dono de uma bela voz, teve participação activa em Os Dias da Madredeus, Existir, O Espírito da Paz e Ainda, quatro discos daquele que é considerado por alguma crítica especializada, o melhor colectivo de sempre da música portuguesa.

Na biografia Madredeus - Um futuro maior (1995), Jorge Pires escreveu que Francisco Ribeiro demonstrou desde muito cedo ter tido uma educação inculcada pelos prazeres do canto lírico, da poesia (...) e da música clássica, com especial predilecção pelo período barroco. A família de Francisco descendia de italianos que se haviam instalado em Portugal no século XIX, gente apaixonada pelo teatro e pelo espectáculo que havia conservado esse gosto ao longos das sucessivas gerações.

Em 1997, Francisco Ribeiro acabou por abandonar os Madredeus para estudar música em Inglaterra, onde se licenciou em composição. E há quem considere que quer a sua saída, quer posteriormente do Gabriel Gomes levou ao definhar criativo da banda. Da obra de Francisco Ribeiro como compositor nos Madredeus retive sempre, Ascensão, Matinal e claro, O Pastor...

De regresso ao nosso país em 2006, Francisco Ribeiro forma o colectivo Desiderata cujo nome recupera o título de um poema do americano Max Erhmann, que fala sobre o que desejamos para atingir a felicidade. No meu caso o que eu mais desejo, além daqueles valores universais de amor e felicidade, é conseguir juntar um grupo de pessoas e fazer um disco. É tão simples quanto isto, disse Francisco acerca dos seus propósitos com este novo projecto. Assim, em 2009 é lançado A Junção do Bem, com a Orquestra Nacional do Porto e outras colaborações de peso; Saliento as cantoras Filipa Pais e Tanya Tagaq, o fadista José Perdigão e o guitarrista José Peixoto, também ex-Madredeus.

A música portuguesa contemporânea perde assim um dos seus principais vultos. Rodrigo Leão, um dos seus melhores amigos afirmou já hoje: Francisco era um músico extraordinário e um grande amigo com um talento fantástico. É uma injustiça muito grande agora que estava tudo bem encaminhado e o projecto Desiderata era o princípio de uma nova fase para ele.

Finalmente resta referir que este músico foi co-autor da banda sonora do filme Lisbon Story, de Wim Wenders.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 22:00






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 423


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.