Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Adeus Matilde.

Terça-feira, 06.07.10

Matilde Rosa Araújo, uma das minhas autoras preferidas de literatura infantil, faleceu esta manhã, em casa, com 89 anos.

Licenciada em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa, foi também professora, nomeadamente no curso de Literatura para a Infância, na Escola do Magistério Primário da capital, de onde era natural.

Nos anos 50 começou a publicar livros infantis; Escreveu cerca de trinta títulos e também livros de contos e poesia para adultos.

Também venceu vários prémios, ao longo da sua vida, dos quais se destacam o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças, o prémio de melhor livro para a Infância publicado no biénio 1994-1995 (devido ao meu livro preferido da autora, Fadas Verdes), atribuído pela Fundação Calouste Gulbenkian. Em Maio de 2004, recebeu o Prémio Consagração de Carreira, atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores e também o grau de Grande-Oficial  da Ordem do Infante D. Henrique.

Desde sempre preocupou-se com os direitos das crianças; Assim, tornou-se sócia fundadora do Comité Português da UNICEF e do Instituto de Apoio à Criança e escreveu inúmeras vezes sobre a interesse da infância na educação e na criação literária para adultos e acerca da utilidade da literatura infanto-juvenil na formação das crianças.

Na ilustração das suas obras, colaboraram com ela várias gerações de ilustradores portugueses, dos quais se destacam Maria Keil, Gémeo Luís e João Fazenda. 

No ano passado, foi publicada a obra Matilde Rosa Araújo - um olhar de menina, uma biografia romanceada da escritora, escrita por Adélia Carvalho e ilustrada por Marta Madureira. Entretanto, a Editorial Caminho já confirmou que um inédito da autora, intitulado Florinda e o Pai Natal, vai ser editado a título póstumo, no início do Outono.

Esta escritora de que gostava tanto, ficará para sempre ligada à minha profissão, à literatura infantil e à defesa dos direitos das crianças, além de nos deixar como legado uma longa e premiada carreira literária.

 

Bibliografia

A Garrana (ficção, 1943)
Estrada Sem Nome (ficção, 1947)
A Escola do Rio Verde (1950)
O Livro da Tila (literatura infantil, 1957)
O Palhaço Verde (literatura infantil, 1960),

Praia Nova (ficção, 1962)
História de um Rapaz (1963)
O Sol e o Menino dos Pés Frios (literatura infantil, 1972)
O Reino das Sete Pontas (1974)
Balada das Vinte Meninas (literatura infantil, 1977)
As Botas do Meu Pai (literatura infantil, 1977)
Camões Poeta, Mancebo e Pobre (literatura infantil, 1978)
Voz Nua (poesia, 1982)
A Velha do Bosque (literatura infantil, 1983)
O Passarinho de Maio (literatura infantil, 1990)
Fadas Verdes (1994)
O Chão e as Estrelas (ficção, 1997)
O Gato Dourado (literatura infantil)
Lucilina e Antenor (2008)
História de uma Flor (2008)

 

Este é, como referi, o meu preferido... Um excelente livro de poesia e recomendado pelo PNL, para o 2.º ano de escolaridade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 22:17






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon -Programa 422


Disco da semana 114#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Julho 2010

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.