Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

Os meus 10 Discos da Década.

Nesta altura multiplicam-se os balanços e eu também tenho vindo a fazer os meus. Depois dos discos e das canções que me marcaram em 2009, é tempo de fazer também um balanço generalista da década.

No final de Junho AQUI fiz referência aos 10 discos que, até hoje, marcaram a minha vida. Alguns coincidem com os 10 discos que me marcaram na primeira década deste milénio, nomeadamente o Parachutes, Funeral e Final Straw. Coldplay, Arcade Fire e Snow Patrol acabaram por ser as minhas grandes descobertas da década. Fica o balanço e a minha música em cada disco...

 

1. Don't Panic
2. Shiver
3. Spies
4. Sparks
5. Yellow
6. Trouble
7. Parachutes
8. High Speed
9. We Never Change
10. Everything's Not Lost
 

 

1. Warm Sound
2. Home
3. Somersault
4. Over Our Heads
5. Passing By
6. When It Falls
7. The Space Between
8. Look Up
9. In Time
10. Speed Dial No 2
11. Morning Song

 

 

1. Neighborhood 1 (Tunnels)
2. Neighborhood 2 (Laika)
3. Une annee sans lumiere
4. Neighborhood 3 (Power Out)
5. Neighborhood 4 (Kettles)
6. Crown Of Love
7. Wake Up
8. Haiti
9. Rebellion (Lies)
10. In The Backseat

 

 

1. Intro
2. Last Living Souls
3. Kids With Guns
4. O Green World
5. Dirty Harry
6. Feel Good Inc.
7. El Manana
8. Every Plant We Reach Is Dead
9. November Has Come
10. All Alone
11. White Light
12. DARE
13. Fire Coming Out Of A Monkey's Head
14. Don't Get Lost in Heaven
15. Demon Days
 

 

1. Takk...
2. Glósóli
3. Hoppípolla
4. Með Blóðnasir
5. Sé Lest
6. Sæglópur
7. Mílanó
8. Gong
9. Andvari
10. Svo Hljótt
11. Heysátan

 

 

1. Leaving New York
2. Electron Blue
3. The Outsiders
4. Make It All Ok
5. Final Straw
6. I Wanted to Be Wrong
7. Wander Lust
8. The Boy in the Well
9. Aftermath
10. High Speed Train
11. Worst Joke Ever
12. The Ascent of Man
13. Around the Sun
 

 

1. It´s The Nighttime

2. Winter In The Hamptons

3. Streetlights

4. Carolina

5. Middle School Frown

6. My Love Has Gone

7. Saturday

8. Sad Eyes

9. Why Won't You Tell Me What

10. Life

 

 

1. 15 Step

2. Bodysnatchers

3. Nude

4. Weird Fishes/Arpeggi

5. All I Need

6. Faust Arp

7. Reckoner

8. House Of Cards

9. Jigsaw Falling Into Place

10. Videotape

 

 

1. Ambulance
2. Out Of Time
3. Crazy Beat
4. Good Song
5. On The Way To The Club
6. Brothers And Sisters
7. Caravan
8. We've Got A File On You
9. Moroccan Peoples Revolutionary Bowls Club
10. Sweet Song
11. Jets
12. Gene By Gene
13. Battery In Your Leg

 

 

1. How To Be Dead
2. Wow
3. Gleaming Auction
4. Whatever's Left
5. Spitting Games
6. Chocolate
7. Run
8. Grazed Knees
9. Ways & Means
10. Tiny Little Fractures
11. Somewhere A Clock Is Ticking
12. Same
13. We Can Run Away Now They're All Dead And Gone
14. Half The Fun

feeling:
tags: ,

autor stipe07 às 14:03
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009

Natal Feliz!

A todos os Amigos que passam por aqui... Já sabem onde vos guardo!

Aos Outros que se enganam, ou não e vêm cá aterrar... Podia ter sido pior! Não percam o bom hábito.

A ti SM... Ég Elska Tig!!

Natal Feliz para todos e que Deus e o Menino Jesus vos dêem tudo o que merecem!

 

 B&A

feeling:
music: Snow Patrol - When I Get Home For Christmas.

autor stipe07 às 18:06
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

As minhas 10 de 2009

Ficam as dez músicas que mais gostei de ouvir em 2009. 

A maioria da selecção é perceptível e reflecte claramente os meus gostos musicais. Algumas escolhas poderão ser surpreendentes, inesperadas até, tendo em conta as minhas preferências musicais, mas são músicas que marcaram o meu 2009. Aprendi a gostar delas porque as associo a alguém e ao que de melhor me aconteceu este ano e na minha vida e por isso sinto um prazer enorme em ouvi-las repetidamente! Em suma, são a banda sonora de alguns dos melhores momentos daquele que foi um ano muito bom!

2009 foi bastante rico em termos musicais, ouvi imensa música nova de que gostei imenso, mas também garanto que não foi particularmente difícil seleccionar estas dez... São óbvias para mim, tendo em conta a intensidade com que me marcaram.

Qualquer semelhança entre este post e outro recente no blog é pura coincidência!

 


MusicPlaylistRingtones
Create a MySpace Music Playlist at MixPod.com

feeling:
music: Snow Patrol - How To Be Dead

autor stipe07 às 18:23
link do post | comenta / bad talk | See the bad talk... (1) | The Best Of... Man On The Moon...
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Shrek Is Back!!

Depois de derrotar uma dragão maléfico, resgatar uma bela princesa e salvar o reino dos seus sogros, que pode mais um Ogre fazer, agora que é um pai de família, completamente domesticado? 

Apesar de feliz e apaixonado, que sentirá um Ogre que, em vez de assustar aldeões, como fazia antes, passa agora a vida a dar autógrafos em forquilhas?

Shrek4.jpg image by zia29112

Pois é, Shrek, o Ogre mais famoso do cinema, está de volta, para minha satisfação e de todos os miúdos e graúdos, seus fãs.

Já foi revelada a primeira imagem oficial de Shrek Forever After o quarto e, pelo que se diz, o último capítulo da saga de animação da Dreamworks, que segue abaixo.

Shrek Forever After segue a última tendência e também está a ser filmado em 3D. A estreia nos Estados Unidos está marcada para 21 de Maio de 2010 e previsto chegar às nossas salas poucas semanas depois, a 8 de Julho. 

shrek_forever_after

Mike Mitchell estreia-se na saga como realizador e confirmam-se os regressos às vozes principais de Mike Myers, Cameron Diaz, Eddie Murphy, Antonio Banderas e Justin Timberlake, o que não deixa de ser um elenco de luxo e que assegura a continuidade de alguns tiques e características das personagens.

A história, mais uma vez, é simples de contar! Parece que Shrek atravessa uma ligeira crise existencial devido à sua vida pacata e rotineira com Fiona e sente saudades dos bons velhos tempos, quando era um Ogre à séria, malandro e assustador! Assim, sentindo aquele apelo do seu Lado Negro, firma um pacto com Rumpelstiltskin e viaja até uma versão alternativa de Bué-Bué Longe, em busca da emoção e da aventura perdidas. Mas, mais uma vez ele foi enganado e nesse mundo os Ogres são perseguidos, Rumpelstiltskin é rei e o Shrek e Fiona nunca se conheceram. Arrependido, Shrek terá de desfazer o seu erro, salvar os seus amigos, restaurar a ordem e voltar de novo para Fiona. Fica o Trailer legendado;

 

 

Sempre gostei da saga Shrek, também pela banda-sonora. Fica a minha música preferida...

 

 

feeling:
music: Eels - My Beloved Monster
tags:

autor stipe07 às 13:57
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009

Cinco Quartos de Laranja - Joanne Harris.

Deixo mais uma sugestão de leitura, Cinco Quartos de Laranja, de Joanne Harris, autora do conhecido romance Chocolate.

A história gira em torno de Framboise; No Outono da sua vida esta mulher regressa à pequena cidade onde nasceu, Les Laveuses, próximo de Angers, na província francesa. Aí, na quinta onde cresceu e que era da sua família, abre um restaurante que rapidamente se torna famoso graças às receitas de um velho caderno que pertencera à sua mãe.

No entanto não se trata apenas de um simples caderno de receitas culinárias; Ele contém também anotações sobre os momentos mais importantes da vida da família de Framboise, o que a faz recordar os sabores e os sentimentos da sua infância numa França marcada pela dor da ocupação nazi e por um enorme clima de desconfiança entre todos, devido à inevitável convivência com as forças de ocupação. E, acima de tudo, faz-lhe recordar um episódio que marcou a vida da sua família e constituiu para ela a perda definitiva da sua inocência.

Assim, à medida que vai lendo aquele velho livro, Framboise vai abrindo uma espécie de caixa de Pandora, de onde vão saindo os segredos da sua relação difícil com a mãe, doente e dependente de drogas, que ela aprendera a manipular de uma forma bastante curiosa.

Para tornar ainda mais interessante a história, as recordações vão sendo intercaladas por alguns problemas actuais que a protagonista enfrenta nesta nova etapa da sua vida e que são consequência daqueles tempos. No entanto, ela vai poder contar com um improvável amigo de infância, que também a vai ajudar a ser finalmente feliz!

Achei Cinco Quartos de Laranja uma história muito bonita e comovente! A escrita de Joanne Harris permitiu-me visualizar, sentir e cheirar o universo mágico da França campestre. Aromas, sabores, paisagens, um rio (Loire), os seus peixes e as suas correntes, acabam também por ser personagens do livro. Reparei também num detalhe delicioso; Algumas personagens têm nomes de frutos: Framboise, Reine-Claude, Cassis, Pistache, Prune… 

É um livro cheio de apelos ao paladar e para quem, como eu, gosta de cozinhar (apesar de não o fazer há imenso tempo!!), dá logo vontade de ir para a cozinha preparar toda a espécie de iguarias!

 

feeling:
music: R.E.M. - Orange Crush

autor stipe07 às 22:04
link do post | comenta / bad talk | See the bad talk... (1) | The Best Of... Man On The Moon...
Domingo, 20 de Dezembro de 2009

Thumbsucker.

Acabo de descobrir que Mike Mills (multi-instrumentista dos R.E.M.) já se tinha estreado no cinema...

Justin Cobb é um adolescente de dezassete anos que ainda chucha no dedo, mas essa atitude esconde um problema maior. Lutando para encontrar a sua própria identidade e independência, ele procura um rumo para a sua vida. Ele quer parar, quer resolver os seus problemas e ser um adolescente normal. Para isso vai iniciar uma terapia para afastar este vicio. Mas quando a terapia da hipnose falha e Justin se torna maníaco, é-lhe receitado um medicamento para substituir a dependência no seu polegar. Contudo esse medicamento estimula as capacidades de Justin, provocando-lhe algumas alterações. O pai, Mike (Vincent d'Onofrio), marcado por um drama da juventude, esconde os seus medos e os seus desapontamentos num comportamento agressivo. A mãe, Audrey (Tilda Swinton) sentindo não ter respostas para todos os problemas de Justin, foge da realidade através de uma obsessão com um galã da televisão, Matt Schraam (Benjamin Bratt).
A história inclui ainda o terapista pós-moderno deste (Keanu Reeves), um professor que até tenta ajudar (Vince Vaughn) e Rebecca (Kelli Garner), uma pretendente de Justin insegura em relação ao sexo e aos compromissos.

Parece ser uma comédia interessante...
 

 

feeling:
music: R.E.M. - Shinny Happy People
tags: ,

autor stipe07 às 13:31
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Sábado, 19 de Dezembro de 2009

Coldplay a Leilão!

Durante estes anos de concertos, digressões e discos, os Coldplay juntaram várias guitarras, teclados, posters, discos de platina e outro material. Pelos vistos a arrecadação está cheia e eles estão dispostos a desfazer-se de algum do seu espólio, aproveitando para fazer caridade.

Por isso, de 17 a 31 de Dezembro, haverá um leilão, no site Ebay, destas memórias da banda. AQUI encontram um catálogo em PDF que permitirá ficarem a conhecer as peças que estão à venda, sendo que o principal destaque é dado aos itens relacionados com a recente digressão de promoção a Viva la Vida or Death and All His Friends.
Através das receitas obtidas, este leilão ajudará a organização de caridade Kids Company, que ajuda crianças e jovens desfavorecidos, em Londres.

Se encontrar no catálogo um daqueles balões gigantes e amarelos, que costumam usar quando tocam Yellow, será meu!

 

feeling:
music: Coldplay - Yellow

autor stipe07 às 14:31
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

Alice In Wonderland.

Daqui a pouco mais de dois meses, dia 5 de Março de 2010, vai estrear nas salas de cinema mais um filme dos Estúdios Disney, uma versão de Alice no País das Maravilhas, personagem criada por Lewis Carroll.

Nos papéis principais desta versão assinada por Tim Burton  (Eduardo Mãos de Tesoura, Big Fish, A Noiva Cadáver, Charlie e a Fábrica de Chocolate), estão Johnny Depp  no papel do Chapeleiro Louco, Helena Bonham Carter como Rainha de Copas e Anne Hathaway no papel da Rainha Branca. Alice é interpretada pela novata Mia Wasikowska.

 

 

Como sabemos esta não será a primeira vez que Burton pega em Johnny Depp e em histórias do imaginário infantil; fê-lo, por exemplo, com Charlie e a Fábrica de Chocolate. No entanto, desta feita o realizador juntará imagens reais com animação e transformá-las-á depois em 3D, técnica inaugurada no filme Beowulf .

Segundo declarações do produtor Richard Zanuck, as filmagens terminaram este mês e duraram apenas 40 dias. O filme pelos vistos não é completamente fiel à história; Parece que a escritora do argumento, Linda Woolverton (A Bela e o Monstro e O Rei Leão), transforma Alice numa adolescente de 17 anos e coloca-a no País das Maravilhas 10 anos depois da primeira vez, algo de que Alice não se lembra.

Sou sempre um pouco céptico em relação a estas versões, ainda mais quando são da autoria da Disney. Preferia ver a Pixar a liderar este projecto. E também não sou propriamente um fã da filmografia de Tim Burton. Seja como for, a história interessa-me, fez parte do meu imaginário infantil e o trailer deixou-me curioso. Talvez venha a valer uma das primeiras visitas primaveris ao cinema!

 

[Cinema]<i>Alice no País das Maravilhas</i> versão Tim Burton: veja as primeiras imagens -
Johnny Depp, o Chapeleiro Louco
 
[Cinema]<i>Alice no País das Maravilhas</i> versão Tim Burton: veja as primeiras imagens -
Anne Hathaway, a Rainha Branca
 
[Cinema]<i>Alice no País das Maravilhas</i> versão Tim Burton: veja as primeiras imagens -
Helena Bonham Carter, a Rainha de Copas

 

feeling:
tags:

autor stipe07 às 13:47
link do post | comenta / bad talk | See the bad talk... (2) | The Best Of... Man On The Moon...
Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009

Conheces os Bingo Hand Job?

É frequente bandas conhecidas usarem alter egos e outros nomes, em espectáculos secretos ou simplesmente quando querem causar confusão ou passar despercebidos. Descobri recentemente que os R.E.M. também já o fizeram.

Bingo Hand Job foi o nome usado pelos R.EM. em dois concertos secretos, a  14 e 15 de Março de 1991, em Londres, no Borderline Venue Club.

R.E.M. - Bingo Hand Job

Nesses concertos os próprios elementos da banda e os músicos convidados também usaram outros pseudónimos;

 Michael Stipe Reverend Bingo
Peter Buck – Raoul
Bill Berry – Doc
Mike Mills Stinky

 

Músicos convidados;
Peter HolsappleSpanish Charlie
Billy Bragg – Conrad
Violet (a 14 de Março) – Robyn Hitchcock
Ophelia (a 15 de Março)

 

AQUI poderás fazer o download simples e gratuito, com excelente qualidade de som, de um duplo álbum que resultou desses dois concertos. O alinhamento é o seguinte;

 

1.World leader pretend.
2.Half a world away.
3.Fretless.
4.The one I love.
5.Hello in there.
6.My youngest son came home today.
7. Jackson / Dallas.
8.Disturbance at the Heron house.
9.Belong.

1.You are the everything.
2.Swan swan.
3.Pop song 89.
4.Losing my religion.
5.Fall on me.
6.Tom's dinner.
7.You ain't goin' nowhere.
8.Get up.
9.Moonriver.
10.Driver 8.

 

A própria banda de abertura também tocou com outro nome. Assim, os Chickasaw Mudd Puppies, tocaram sob o nome Stump Monkey.

Outra curiosidade interessante desses concertos foi a banda ter tocado na segunda noite um dos temas mais conhecidos de Suzanne Vega, Tom's Dinner.

feeling:
music: Suzanne Vega - Tom's Dinner

autor stipe07 às 16:26
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...

Terapia Para Casais!

Fica mais uma proposta de cinema, leve e divertida, ideal para esta época do ano, especialmente para quem vai ao shopping fazer as compras de natal e depois quer relaxar para esquecer o dinheiro gasto, o peso dos sacos, a música ambiente, as promoções irresistíveis, as filas intermináveis e o tempo perdido à procura de lugar para estacionar e para comer.

Realizado por Peter Billingley e com Vince Vaughn (Psico, Os Fura Casamentos, A Cela, Starsky & Hutch, Separados de Fresco,...) e John Favreau (Homem de Ferro, Aventura No Espaço, Impacto Profundo,...) como argumentistas e nos principais papéis, Terapia para Casais é uma comédia romântica que acompanha quatro casais numa viagem com destino a um resort. Enquanto um dos casais está lá para tentar salvar o seu casamento, os outros três vão pelo puro lazer; fazem jet ski, frequentam o spa e tomam banhos de sol. Mas depressa descobrem que a participação nas sessões de terapia de casal não é opcional e que talvez, ao contrário do que imaginavam, fosse necessária! E assim as suas férias ganham subitamente nova dimensão.

Deve valer a pena!

feeling:
music: Bell X1 - Eve, The Apple Of My Eyes
tags:

autor stipe07 às 11:12
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

The Animals Save The Planet!

Descobri uma campanha onde os animais, de forma bastante didáctica e muito divertida, dão-nos algumas dicas muito simples acerca do papel que cada um de nós poderá desempenhar para salvar o nosso Planeta.

 Poderás saber mais sobre esta campanha AQUI.

feeling:

autor stipe07 às 22:13
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

"Driving" Everybody Hurts.

No dia 10 de Dezembro de 2009 foi para o ar, na Austrália, o primeiro anúncio de prevenção rodoviária da TAC (Transport Accident Commission Victoria). 20 anos depois, a mesma agência produziu um novo filme, com cerca de 5 minutos e que compila algumas das cenas mais icónicas dos vários anúncios entretanto criados. Estes anúncios são muito famosos e ajudaram a modificar alguns hábitos de condução nesse país.

Interessou-me particularmente este filme porque usa a Everybody Hurts dos R.E.M. como banda-sonora. Acho que foi uma escolha feliz até porque o vídeo dessa música retrata uma situação de trânsito; A banda está num carro, presa num engarrafamento e enquanto são focadas várias pessoas que, paradas e dentro dos seus carros vão-se lembrando de momentos menos felizes das suas vidas, Michael Stipe abandona a viatura onde se encontra, e começa a percorrer a fila de carros, convidando quem quiser a acompanhá-lo. 

AQUI poderão saber mais sobre esta campanha e o filme da mesma. Alguns excertos poderão ser chocantes!

 For Everyone's Sake, Drive Safely This Christmas!...

Subscrevo!

feeling:
music: R.E.M. - Everybody Hurts

autor stipe07 às 22:15
link do post | comenta / bad talk | See the bad talk... (1) | The Best Of... Man On The Moon...
Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

Massive Attack - Heligoland

Como já referi anteriormente, os Massive Attack são um dos regressos mais aguardados para 2010. Heligoland, chega às lojas a 8 de Fevereiro e a banda já revelou o teledisco de Paradise Circus, o cartão de visita do álbum. Poderás ver o teledisco AQUI.

Esta música é cantada por Hope Sandoval (Mazzy Star), mas em Heligoland participam também nomes como Martina Topley Bird (ex-colaboradora de Tricky), Damon Albarn (Blur e Gorillaz), Guy Garvey (Elbow), Tunde Adebimpe (TV On the Radio) ou o já habitual Horace Andy.  

A música tem sido apresentada nos espectáculos ao vivo da banda como a Harpischord...

 

A capa do disco já foi também revelada; Segue a mesma e o alinhamento de Heligoland...

Massive Attack: veja o vídeo pornográfico do novo single "Paradise Circus" -

1. Pray For Rain
2. Babel
3. Splitting the Atom
4. Girl I Love You
5. Psyche
6. Flat of the Blade
7. Paradise Circus
8. Rush Minute
9. Saturday Come Slow
10. Atlas Air

 

feeling:
music: Massive Attack - Harpischord
tags:

autor stipe07 às 16:46
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Domingo, 13 de Dezembro de 2009

Kid A - Disco da década (Rolling Stone)

A conceituada revista Rolling Stone acaba de eleger Kid A dos Radiohead como o álbum da década!

Por mim, tudo bem! Os R.E.M. não estiveram à altura do que fizeram na década anterior. 

Mas Parachutes dos Coldplay, quanto a mim, também ficaria bem no topo.

Kid A foi o quarto disco de originais dos Radiohead. Lançado em Outubro de 2000, foi a forma que eles encontraram, juntamente com o posterior Amnesiac, de fugir à grande exposição causada pelo Ok Computer, quanto a mim, o segundo melhor disco da história da música. Em Kid A as guitarras foram quase totalmente postas de lado e deram lugar a variadas experimentações, dando origem a um disco muito pouco comercial, talvez o grande segredo do seu enorme sucesso!

How To Disappear Completely, incluída neste disco, é considerada por Thom Yorke, a melhor música que os Radiohead fizeram até hoje. Pessoalmente não concordo... No Alarms No Surprises...

Fica o alinhamento de Kid A e um vídeo para How To Disappear Completely;

 

1 - Everything In It's Right Place

2 - Kid A

3 - The National Anthem

4 - How To Disappear Completely

5 - Treefingers

6 - Optimistic

7 - In Limbo

8 - Idioteque

9 - Morning Bell

10 - Motion Picture Soundtrack

 

 

feeling:
music: Radiohead - Optimistic

autor stipe07 às 13:37
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Sábado, 12 de Dezembro de 2009

8 meses, 8 músicas

Poderiam estar aqui outras oito... e outras oito... e outras oito... e outras oito...

Mas estas... são aquelas OITO....!!!

Thanks, Smartiesss!!!

 

 

 

 

 

(Um dia, quero envelhecer assim...)

 

 

 

 

feeling:

autor stipe07 às 14:42
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009

O meu Balanço de 2009

2009 foi um ano cheio de discos, lançamentos e novidades musicais! Um ano onde ouvi imensa música, deixei-me fascinar por alguma e enriqueci imenso a minha colecção privada e a banda sonora da minha vida!

Em 2009 surgiram novas bandas que iremos ouvir falar num futuro próximo e que irão certamente cimentar carreiras bem sucedidas, escutámos algumas confirmações, várias bandas continuaram o seu percurso bem sucedido, mas houve também várias desilusões. Ao longo do ano e ressalvando sempre que só falo neste blog da música que gosto ou que me interessa, fui referindo alguns destes aspectos.

De todas as novidades lançadas este ano e não tendo sido fácil escolher, vou destacar dez músicas. Não são as que mais ouvi em 2009; Todas elas não são as minhas preferidas, ou músicas que me marcaram particularmente; isso ficará para outro post muito em breve! São algumas das novidades que gostei de conhecer, músicas onde, sem presunção, vi qualidade, criatividade e inovação, músicas que ficaram no meu ouvido e sinto um prazer enorme na sua audição.

 

Kasabian - Fire

 

 

 

The XX - Crystalised

 

 

The Horrors - Sea Within a Sea

 

 

Fanfarlo - Ghosts

 

 

Moby - Pale Horses

 

 

Snow Patrol - Just Say Yes

 

 

 

Wild Beasts - Hooting & Howling

 

 

Air - Sing Sang Sung

 

 

Vampire Weekend - Cousins

 

 

 

Zero 7 - Everything Up

 

feeling:

autor stipe07 às 17:00
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...

Portishead - Chase the Tear

Hoje é o dia internacional dos direitos humanos e os Portishead, para comemorar, disponibilizaram a canção Chase The Tear, e cederam os direitos da música e as receitas resultantes do download à Amnistia Internacional.

Chase The Tear pode ser escutada aqui.

 

 

feeling:
music: Portishead - Chase The Tear

autor stipe07 às 14:13
link do post | comenta / bad talk | See the bad talk... (1) | The Best Of... Man On The Moon...
Quarta-feira, 9 de Dezembro de 2009

Canções de Amor - Actualização IV


MusicPlaylistRingtones
Create a MySpace Playlist at MixPod.com

feeling:

autor stipe07 às 14:48
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009

Planet 51

Fica uma boa sugestão de Natal, um filme para toda a família, ligeiro e divertido, como se pretende nesta altura do ano...

O capitão Charles Chuck Baker aterra num planeta desconhecido e como um bom Astronauta que é, veste o fato espacial, pega na bandeira dos Estados Unidos e desembarca da sua nave, julgando que chegou a um novo planeta desabitado. Mas afinal, ele não está sozinho! À sua volta, perplexos, estão os habitantes verdinhos do Planeta 51

Em pânico, Charles procura fugir destes estranhos seres, igualmente assustados com a chegada deste alien. No entanto, ele vai conhecer LEM, um dos habitantes do Planeta 51. Após um primeiro encontro desastroso entre ambos, normal sempre que um alien vê outro alien, tornam-se amigos. LEM aceita ajudar Charles a voltar para a sua nave, antes que ela regresse à Terra mas, para isso, terão que despistar o paranóico exército do Planeta 51, que está determinado a capturar Charles.

LEM e os seus amigos Skiff, Neera, Eckle, Glar, um agitado robot-explorador chamado Rover e ainda diversos soldados do Planeta 51, que parecem ser bem engraçados, tudo farão para ajudar Charles a chegar a tempo à nave!

Agora digam-me lá se esta história não vos faz lembrar outra bem famosa da história do cinema, mas ao contrário...? (E.T. - Steven Spielberg).

O trailer fornece uma excelente ideia do filme! Foi o suficiente para me deixar com vontade de ir ver. A aterragem está o máximo e adorei o pato de borracha amarelo, a garrafa de coca-cola e o Alien Sanguessuga, o animal de estimação da Siguorney Weaver!

feeling:
music: Gorillaz - Every Planet We Reach Is Dead
tags:

autor stipe07 às 22:22
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...

A Rapariga Das Laranjas - Jostein Gaarder

O que fazer quando um pai, que morreu demasiado cedo para nos lembrarmos dele, decide falar com o filho, através de uma carta escrita há onze anos? Esta é a experiência de Georg Roed, de quinze anos, quando a família descobre uma carta do seu pai. Através dela, ambos vão dialogar e manter aquela conversa de adultos que não puderam ter em vida.

Nessa carta, Jan Olav, o pai de Georg conta a sua busca por uma bela rapariga, que viu supostamente pela primeira vez, num eléctrico, carregada com um saco de laranjas. Nada o demove, nem o facto de não saber nada dela, inclusivé o nome! A partir desse dia vai procurá-la com todo o entusiasmo da juventude, enquanto imagina qual será o valor daquelas laranjas para a rapariga, laranjas essas que ele, desastradamente, fez rolar nesse primeiro encontro.

 

 

A arquitectura deste romance baseia-se então numa montagem de duas histórias paralelas, contadas por dois narradores diferentes, em duas épocas distintas, Georg e Olav.

A narrativa centrada no jovem Georg, incide sobre as angústias típicas de um adolescente, neste caso o choque causado pela descoberta da carta do pai, o desvendar da personalidade paterna, através das emoções implícitas no seu discurso, juntamente com a angústia profunda de alguém cuja missão ficou apenas parcialmente cumprida.

Por outro lado, a história de Jan Olav, o pai, é um conto de grande beleza, cuja narrativa se situa no início dos anos noventa, semanas antes da sua morte, regredindo também algumas décadas para contar o início da sua história de amor com a rapariga das laranjas. O discurso de Olav deixa adivinhar uma personalidade dotada de grande sensibilidade, um ser que atribui uma extrema importância aos afectos, algo que me marcou imenso neste livro.
As histórias milaborantes que ele imagina sobre a Rapariga das Laranjas, a sua família, que profissão terá, onde mora, as suposições que levanta, são típicas de alguém profundamente apaixonado e que procura desesperadamente encontrar explicações com sentido, na ânsia de entender o que desconhece! Quando se ama desta forma poucos são os obstáculos considerados impossíveis de superar por quem sente e é isso que Olav pretende ensinar ao seu filho, com exemplos concretos e práticos de coisas que fez por essa rapariga, aquilo que correu e as viagens longas que fez só para a poder ver, o que teve de esperar para poder ficar com ela todos os dias!

No final da carta o pai deixa uma pergunta filosófica para o seu filho responder: O que preferiria ele: uma passagem breve pela Terra cheia de felicidade, mesmo sabendo que um dia iria morrer ou recusaria a oferta logo à partida?

Embora perante a situação vivida por Jan Olav a sua pergunta seja justificável, a minha resposta, depois de ler este livro, não mudou e ainda faz para mim mais sentido; Por amor, tudo vale a pena, não há impossíveis e as coisas boas que ele nos dá, todos os dias, fazem do Amor o sentimento mais belo que podemos gaurdar dentro de nós e o maior tesouro, seja por que tempo for!

Quem ler este livro e sentir-se tocado por ele como eu me senti, concluirá que A Rapariga Das Laranjas, de Jostein Gaarder, é um hino à vida e aos mistérios insondáveis que ela muitas vezes encerra e que, no fundo, são o sal que a tempera.

Foi o primeiro livro que li sem fazer qualquer pausa...

 

feeling:
music: R.E.M. - Orange Crush

autor stipe07 às 10:06
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...

eu...


more about...

Follow me...

. 52 seguidores

Powered by...

stipe07

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parceria - Portal FB Headliner

Facebook

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Em escuta...

Twitter

Twitter

Blogs Portugal

Disco da semana

Julho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Tricycles - Hamburger

Villagers – Summer’s Song

Peter Perrett – Humanworl...

Work Drugs – Surface Wave...

Dope Lemon – Smooth Big C...

Bon Iver – Faith

Of Monsters And Men – Wil...

The Soft Cavalry – The So...

Graveyard Club - Goodnigh...

Belle And Sebastian – Sis...

Tape Junk - General Popul...

Night Moves - Can You Rea...

The Drums – Try

Deportees – Re-dreaming E...

The Black Keys – Let’s Ro...

Yann Tiersen – All

Blossoms – Your Girlfrien...

Thom Yorke – ANIMA

The Laurels – Sound Syste...

The Catenary Wires - Til ...

Two Door Cinema Club - Fa...

The Kooks – Got Your Numb...

The High Dials – Primitiv...

Swimming Tapes - Mornings...

Maps – Colours. Reflect. ...

X-Files

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

take a look...

I Love...

Os melhores discos de 201...

Astronauts - Civil Engine...

SAPO Blogs

subscrever feeds