Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Carnaval de Estarreja - 2009

Quarta-feira, 25.02.09

Não podia ser imparcial...

Os Morenos - Augusto Gomes, pr aka Director Artístico

Os Morenos - Carlos Gomes, pr

G.R.E.S.F.A.

Os Morenos

Os Morenos

Os Morenos (my best pic)

Pyrolitos

Xatiados

Viscondes

Viscondes

Saias & Companhia

 

Rei Malato e Rainha Diana

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 16:05

Papa(VanVanRV200)Sugus

Quinta-feira, 19.02.09

 PapaSugus

Vais ficar bem VanVanRv200.

Sem doses excessivas de morfina...

Em breve irás usufruir de novo de tudo aquilo que mereces!

E olha, acabou o teu Inverno.

Em breve o sol vai brilhar de novo para ti.

 

Vais ficar bem VanVanRv200.

Sem doses excessivas de morfina...

E depois...

E depois eu vou ficar bem também.

 

Until there...

I'm In Charge!! I Will Push The Button For You!!

 

iTakeCarePlease..........

See You Soon.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 11:13

Brit Awards

Quinta-feira, 19.02.09

Como previ na altura dos Grammys, os Brit Awards vieram repôr alguma normalidade.

Ficam os premiados;

 

Melhor Artista Feminina Britânica - Duffy
Melhor Artista Masculino Britânico - Paul Weller

Melhor Banda Internacional  - Kings of Leon
Melhor Álbum Internacional - Only By The Night , Kings of Leon

Melhor Álbum Britânico - Rockferry , Duffy
Melhor Single Britânico - The Promise, Girls Aloud

Melhor Banda Britânica Ao Vivo - Iron Maiden
Revelação Britânica - Duffy

Melhor Artista Feminina Internacional - Katy Perry
Melhor Artista Masculino Internacional - Kanye West

Banda Britânica - Elbow

Prémio da Crítica - Florence and the Machine
Prémio Contribuição Extraordinária Para a Música - Pet Shop Boys
 

Only By The Night roda no meu carro há 4 dias, ininterruptamente...

 

Fica Use Somebody, live at the Brit Awards...

E vejam Chris Martin a curtir KOL.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 10:47

Coraline e a Porta Secreta

Terça-feira, 17.02.09

 

Pela primeira vez vou falar de cinema no blog. Para o fazer teria de ter uma boa razão, um bom filme, uma obra merecedora de destaque.

Sendo um apaixonado por marionetas, fantoches, histórias infantis e mundos imaginários, ontem, ao assistir ao Magazine, na RTP2, encontrei o filme que junta tudo isso deliciosamente, merecendo assim esta estreia.

Coraline e a Porta Secreta estreia nas salas de cinema na próxima quinta-feira.

Nos últimos 3 anos, os mais talentosos e experientes animadores e criadores de marionetas, trabalharam nesta obra cinematográfica, criando o primeiro filme de animação em 3D feito integralmente à mão.

A produtora deste filme é a Laika (Fight Club, Ice Age, X Men, Titanic, Braveheart, Independence Day), uma comunidade de realizadores, animadores e designers, com pouco mais de 30 anos de existência e já com um legado importante na história do cinema.

Baseado na obra literária infantil Coraline, de Neil Gaiman, este filme, realizado por Henry Selick (Estranho Mundo de Jack, The Nightmare Before Chrismas), conta a história de uma jovem rapariga que ao entrar numa porta secreta da sua nova casa, entra num mundo paralelo, parecido com a vida real, mas, à primeira vista, bastante melhor. No entanto, à medida que explora este mundo, Coraline descobre que ele é perigoso e que ela se torna num objecto de obsessão, no seio do mesmo. Assim,  Coraline terá de descobrir uma forma de voltar ao mundo real, contando com a ajuda de um gato que fala, de alguns vizinhos e da sua própria coragem.

 

Fica o link oficial

http://coraline.com/

 

E o Trailer

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por stipe07 às 14:14

Raio de Amor - MEC

Segunda-feira, 16.02.09

No último sábado, dia 14 de Fevereiro de 2009,  comemorou-se o dia de São Valentim.  Acho que quando duas pessoas se amam, não há dias mais especiais que outros, ou que devam ser marcados. Quando se ama, não há dias nem tempo.  Há uma constância e harmonia intemporais dentre de nós, que nos levam a achar e sentir que os dias são todos iguais e deliciosamente diferentes, porque sabemos que o outro existe e faz parte da nossa vida.

Seja como for,  este dia tem sempre interesse porque motiva à reflexão acerca do amor e leva muitos pensadores a escrever sobre o assunto.

Como é habitual, comprei o "Publico" e, como é normal e muito natural, a efeméride foi abordada em vários textos.  

Fiquei positivamente perplexo com a crónica de Miguel Esteves Cardoso, intitulada Raio de Amor. Nunca na minha vida tinha lido um texto acerca do amor que personificasse de forma tão clara, tão lúcida, tão real e tão concreta aquilo que penso acerca do amor e também aquilo que já vivi por causa desse sentimento.

Fica a transcrição do texto...

Não há maior atentado contra a Declaração Universal dos Direitos do Homem do que o amor. O amor vai contra todos os princípios de igualdade, da liberdade, da dignidade e de identidade. É o sentimento mais reaccionário que existe: só não é abolido porque está tão generalizado e traz tantas regalias que logo se levantariam contra a abolição os mais poderosos interesses.

Hoje é dia de São Valentim e não é por acaso que só há um dia por ano para lembrar os aspectos positivos (e decorativos) do amor. O resto do ano é a selvajaria que se sabe. Sofrer por amor é uma constante e uma banalidade. Para mais, sofre-se em silêncio porque o sofrimento afugenta a pessoa amada e aborrece de morte os amigos.

O amor transforma-nos numa pilha de nervos e de medos; de hesitações e de incertezas. O amor faz ódio; faz ciúmes; faz fazer e dizer as maiores barbaridades. Os peritos dizem que os instintos de posse têm de ser controlados e até negociados, muitas vezes com a ajuda de pessoal especializado. Balelas. O mais que conseguem é fazer-nos aceitar que o amor, como o futebol, é mesmo assim. O amor é caríssimo – não por ser raro e valioso mas porque não temos voto na matéria. O preço que se paga em ansiedades e sofrimentos e saudades e remorsos não vale os poucos momentos de puro paraíso nem a relativa raridade da mera calma e harmonia. Mas nós pagamo-lo sem querer. Não chegamos a pensar duas vezes. Não temos hipótese. Ainda bem que nunca conseguiremos livrar-nos dele.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por stipe07 às 14:23

Radiohead cedem Videotape

Quarta-feira, 11.02.09

Os Radiohead cederam "Videotape", última faixa de In Rainbows, a uma campanha publicitária da Shelter, organização de solidariedade para os sem-abrigo ( siga o link para o site da organização ).

A campanha, na qual se podem ver casas feitas de baralhos de cartas a desmoronar-se, conta também com a voz da actriz Samantha Morton (conhecida por ter participado em Control , sobre Ian Curtis dos Joy Division), que foi sem-abrigo durante um período da sua infância.

"House Of Cards" também teria sido uma música a encaixar perfeitamente nesta campanha!

Segue uma versão ainda mais acústica do que o original, "live from the basement".


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 10:28

Life Is For Living

Terça-feira, 10.02.09

Às vezes faz-me bem cantar...

 

 

Now I never meant
To do you wrong
That's what I came here to say

But if I was wrong
Then I'm sorry
I don't let it stand in our way

As my head just aches
When I think of
The things that I shouldn't have done

But, life is for living
We all know
And I don't wanna live it alone

Sing
Ah, ah, oh
Sing
Ah, ah, oh
And just think
Ah, ah, oh

Cause in the end
there's only us
And oh my friend
There's only love

And in the cave
They're timing us
Cause in the end
There's only love

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 18:55

Edição 2009 dos Grammys

Segunda-feira, 09.02.09

A edição de 2009 dos Grammys foi dominada por artistas e bandas britânicas.

Robert Plant, vocalista dos Led Zeppelin, recebeu cinco troféus pela sua colaboração com Alison Krauss, em Raising Sand .
Também os Coldplay tiveram uma noite feliz, ganhando os Grammys de Canção do Ano ("Viva La Vida"), Melhor Performance Pop de um Duo ou Grupo (também por "Viva La Vida") e Melhor Álbum Rock (por Viva La Vida or Death and All His Friends ). Na categoria de Melhor Álbum Rock, os Coldplay levaram de vencida Metallica, Raconteurs, Kid Rock e Kings of Leon.
O prémio de Artista Revelação foi para a inglesa Adele , que venceu a concorrência de Duffy ou Jonas Brothers, e a quem coube receber, ainda, o Grammy de Melhor Performance Pop Feminina, por "Chasing Pavements".
Quanto a Duffy , a galesa estava nomeada para vários Grammys, tendo ganho o de Melhor Álbum Pop, por Rockferry .
Também das Ilhas Britânicas, os Radiohead aterraram nos Grammys para receberem o prémio de Melhor Álbum Alternativo (impondo-se aos adversários Beck, Death Cab For Cutie, Gnarls Barkley e My Morning Jacket).
Lil Wayne , candidato a oito prémios, acabou por ganhar quatro deles, incluindo o de Melhor Álbum Rap para Tha Carter III , o álbum mais vendido nos Estados Unidos em 2008.

 

Não colocando em causa o mérito dos vencedores, nomeadamente os Coldplay e os Radiohead, duas das minhas bandas favoritas, considero que os Grammys não premeiam a qualidade musical mas o sucesso comercial, duas coisas quanto a mim bastante distintas no panorama musical. A lista de vencedores não expressa minimante o que de melhor aconteceu em 2008 no panorama musical internacional. Não me pronuncio nas categorias R&B e Rap porque não as domino; no entanto, salvaguardando os Radiohead e os Coldplay, se bem que inseria esta banda na categoria Pop e não Rock (o álbum alternativo dos Coldplay é o álbum de estreia, Parachutes e o álbum rock dessa banda é o A Rush Of Blood To The Head), outras bandas têm o meu Grammy pessoal: The Raconteurs, dEUS, Kings Of Leon, Oasis, Sam Sparro, Moby, Hot Chip, Beck, The Kills, The Ting Tings, Snow Patrol, R.E.M., MGMT, M.I.A. Low, Midnight Juggernauts, Fleet Foxes, The Killers, Block Party, Fujiya & Miyagi ou Thievery Corporation (algumas destas bandas tiveram nomeações), são exemplos de bandas cujos discos lançados em 2008 reflectem uma maior qualidade musical, diferente da maioria dos vencedores ou nomeados nas diferentes categorias.

Seja como for, pelo menos os Brit Awards, irão repor alguma justiça e normalidade em todo este cenário, já de si bastante "corrompido", que é a indústria musical.


Ficam os vencedores das principais categorias dos Grammys 2009:



Gravação do Ano
Robert Plant e Alison Krauss - Please Read The Letter

Álbum do Ano
Robert Plant e Alison Krauss - Raising Sand

Canção do Ano
Coldplay - Viva La Vida

Revelação do Ano
Adele

Melhor Performance Pop Feminina
Adele - Chasing Pavements

Melhor Performance Pop Masculina
John Mayer - Say

Melhor Performance Pop por Duo ou Grupo
Coldplay - Viva La Vida

Melhor Colaboração Pop
Robert Plant e Alison Krauss - Rich Woman

Melhor Performance Pop Instrumental
Eagles - I Dreamed There Was No War

Melhor Álbum Pop
Duffy - Rockferry

Melhor Disco de Dança
Daft Punk - Harder Better Faster Stronger

Melhor Álbum Electrónico/De Dança
Daft Punk - Alive 2007

Melhor Performance Rock por Duo ou Grupo
Kings of Leon - Sex On Fire

Melhor Performance Hard Rock
Mars Volta - Wax Simulacra

Melhor Performance de Metal
Metallica - My Apocalypse

Melhor Canção Rock
Bruce Springsteen - Girls In Their Summer Clothes

Melhor Álbum Rock
Coldplay - Viva La Vida or Death and All His Friends

Melhor Álbum Alternativo
Radiohead - In Rainbows

Melhor Performance R&B Feminina
Alicia Keys - Superwoman

Melhor Performance R&B Masculina
Ne-Yo - Miss Independent

Melhor Performance Rap
Lil Wayne - A Milli

Melhor Colaboração Rap
Estelle feat Kanye West - American Boy

Melhor Canção Rap
Lil Wayne - Lollypop

Melhor Álbum Rap
Lil Wayne - Tha Carter III

Lista completa de vencedores da edição de 2009 dos Grammys

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 16:13

Smashing Pumpkins return - FOL

Segunda-feira, 02.02.09

Já está disponível para download o primeiro single do próximo álbum dos Smashing Pumpkins, intitulado FOL. Basta carregar no link que se segue;

 

http://download.hyundaigenesis.com/RegistrationPage.aspx?downloadfilename=billy.mp3

 

Fica o vídeo de FOL, feito por um fã e disponível no site oficial da banda.

Como grande fã dos Esmaga Abóboras e de Billy Corgan, não fiquei particularmente impressionado com FOL.

Espero que o disco valha um pouco mais... O Billy ainda consegue fazer melhor, acredito! Anseio pela rodela completa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 22:56

I will R.I.P.

Segunda-feira, 02.02.09

Atingi uma fase da vida em que já percebi com toda a nitidez que não há retorno. Olho para trás e vejo alguns erros, momentos que apagaria da minha história pessoal, se tal me fosse permitido. E agora, quando percebo que esses erros tiveram influência directa naquilo que sou hoje, maior se torna a angústia e o medo de achar que muito dificilmente será possível chegar à meta, tranquilo comigo próprio e com o meu passado, com a certeza de que tudo aquilo que idealizei, foi possível de realizar. Sei que talvez ninguém o consiga... isso e portar-se sempre bem; talvez faça parte da condição humana esta permanente insatisfação, esta ausência de acomodação, o erro muitas vezes recorrente, este pessimismo pré-morten que nos leva a achar que não fizemos tudo e que nunca é possivel concretizar o célebre R.I.P.

Seja como for, sinto que estou a atingir o apogeu, a minha fase mais adulta, o meu momento mais concreto em termos da definição daquilo que sou e daquilo que quero para o resto da minha vida e para o longo futuro que ainda aí vem, assim espero.

Quase todos os dias continuo a fintar algumas rasteiras que me são estendidas; pelo menos, felizmente são cada vez menos aquelas que eu próprio provoco! Mas agora, nesta minha plenitude e com o coração cheio do que a vida tem de melhor para nos oferecer, consigo fintar os obstáculos com maior convicção, com uma técnica individual bastante mais apurada e deixar a maioria dos adversários para trás, sem grandes hipóteses de ser alvo de retaliação!

Sei também que perdi a capacidade de confiar cegamente e de acreditar que todos aqueles que chocam comigo são sinceros nos seus gestos e nas suas atitudes! Por isso, também já começo a ter algumas vezes a coragem de tentar fintar todos aqueles que ainda persistem em desafiar a minha ingenuidade. Sou cada vez menos idealista, apesar de não abdicar de alimentar e perseguir os meus sonhos todos os dias!

Se crescer foi, em certas alturas, extremamente doloroso, finalmente percebo que para ser como sou hoje, dificilmente poderia ter sido de outra forma.

Estou em paz com o meu passado, consciente dos erros que cometi, já paguei por todos eles, sinto-me cheio de vontade de olhar a minha vida de frente e agora, finalmente.... já sei bem e sinto com uma força indomável e impossível de abalar, o que quero para mim, todos os dias da minha vida, até que a morte nos separe! E o que quero é isto....

 Só me resta agora... esperar!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por stipe07 às 17:52






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 396


Disco da semana 99#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Fevereiro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.