Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ponte de Lima 30_03_08

Segunda-feira, 31.03.08

ontem conheci Ponte de Lima... é conhecida e famosa por ser considerada a vila mais antiga de Portugal! sem saber e de forma absolutamente fortuíta, decorria um festival dedicado às papas de sarrabulho. no entanto, o meu propósito desta visita tinha um objectivo totalmente diferente e uma perspectiva gastronómica também diametralmente oposta.

 

como poderão facilmente constatar, caso queiram fazer-se à estrada com destino a ponte de lima, verão que é uma vila de fácil acesso rodoviário, através da A3, que liga a cidade do Porto ao sul da Galiza. a vila situa-se em pleno coração do minho, fazendo jus ao que dela dizem... é mesmo um imenso jardim! chegou a primavera, se bem que só no calendário, mas o verde já era a cor que dominava o meu olhar!

 

O queijo Limiano, o vinho verde Alvarinho e as ditas papas de sarrabulho são as principais iguarias da região. 

 

apesar de ser natural de um distrito densamente povoado, não deixei de ficar impressionado por este concelho geograficamente não abarcar uma área muito vasta mas, mesmo assim, se dividir em cerca de cinco dezenas de freguesias; tal situação justifica-se certamente pela tradição minifundiária do minho, similar à de outras regiões junto ao litoral, atractivas desde os primórdios e por isso densamente povoadas! deve ser óptimo ser-se Presidente da Junta naquele Concelho... não deve dar grande trabalho administrar e cuidar de uma simples rua! enquanto circulei durante 30 minutos, pelas ruas estreitas e calcetadas de Ponte de Lima, devo ter pisado àrea de influência directa de meia dúzia de Presidentes de Junta.

 

seja como for, achei engraçado calcorrear aquelas ruas estreitas e ladeadas por edifícios antigos, feitos de pedra granítica, altos, tipicamente portugueses mas bem restaurados, orientados preferencialmente de norte para sul, permitindo aos raios solares se enfiarem rua adentro. no final de cada rua, existia sempre um largo onde era possível encontrar um rancho ou uma banda e dezenas de pessoas, com fatos domingueiros, a apreciar o espectáculo! sem dúvida, algo muito luso, tão típico e tão nosso que, até para mim, um português pouco apegado a tradições pagãs, se torna importante saber que tais festas existem e se preservam.

 

a vila parece confluir de sul para norte, acompanhando uma artéria principal que provavelmente a recorta ao meio, ladeada por enormes e frondosos jardins. esta artéria termina de forma abrupta, num local ladeado por duas torres de menagem; mesmo aí e no mesmo sentido, começa uma rua mais estreita e por isso vedada ao trânsito, onde estão implantadas diversas esplanadas, certamente deliciosas para as minhas manhãs de fim-de-semana dedicadas à leitura da imprensa. esta rua acaba por ir indo espraiar-se no rio, onde pelos vistos, mesmo junto à margem, se faz uma feira quinzenal; também achei impressionante e não deixou de me chamar a atenção a quantidade de igrejas que se podia encontrar em tão pouco espaço...

 

do outro lado do rio, na margem oposta, acessível através de uma ponte pedestre de origem romana e prolongamento medieval, encontramos belos jardins, uma espécie de ginásio infantil ao ar livre e um museu rural, que se situa numa casa típica do campo, que inclui uma eira e um canastro ou espigueiro.

 

a certa altura do passeio um fenómeno estranho ocorreu... o céu azul alterou-se subitamente, um vento gélido começou a recortar o ar e uma súbita chuva de granizo começou a cair, sem dó da festa, dos jardins, dos ranchos, das bandas que tocavam nos coretos, dos trajes típicos e dos fatos de domingo que se espalhavam na praça principal do centro histórico. apanhados pelo granizo no meio da ponte pedestre, tivemos de correr, encontrando abrigo numa esplanada! ali ficámos, acotovelados  num gigantesco guarda-sol, observando cafés a serem servidos com pedras de gelo caídas do céu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por stipe07 às 15:34






mais sobre mim

foto do autor


Parceria - Portal FB Headliner

HeadLiner

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Man On The Moon · Man On The Moon - Programa 423


Disco da semana 117#


Em escuta...


pesquisar

Pesquisar no Blog  

links

as minhas bandas

My Town

eu...

Outros Planetas...

Isto interessa-me...

Rádio

Na Escola

Free MP3 Downloads

Cinema

Editoras

Records Stream


calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.