Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Sleep Party People – The Sun Will Open Its Core

Sleep Party People - The Sun Will Open Its Core

Lingering, o novo registo de originais dos projeto Sleep Party People do dinamarquês Brian Batz, chega aos escaparates a dois de junho, à boleia da Joyful Noise Recordings e não receio arriscar que poderá muito bem ser um dos melhores discos de 2017. O álbum contará com as participações especiais de Peter Silberman dos The Antlers e Beth Hirsch que emprestou a sua voz a alguns dos temas mais emblemáticos de Moon Safari, a obra-prima dos franceses Air.

Construída em redor de um muro sónico de batidas e sons sintetizados plenos de luz e harmonia, The Sun Will Open Its Core é o mais recente single divulgado de Lingering, canção onde mais uma vez Batz olha para o interior da alma e incita os nossos desejos mais profundos, como se cavasse e alfinetasse um sentimento em nós, impulsionado por uma filosofia sonora que explora uma miríade instrumental alargada e onde a vertente experimental assume uma superior preponderância ao nível da exploração do conteúdo melódico. Na canção a letra também é um elemento vital, tantas vezes o veículo privilegiado de transmissão da angústia que frequentemente invade Batz. Confere...


autor stipe07 às 09:42
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Sábado, 20 de Maio de 2017

Sufjan Stevens, Bryce Dessner, Nico Muhly, James McAlister – Mercury

Um dos registos discográficos que é aguardado com maior expetativa nas próximas semanas intitula-se Planetarium, um álbum conceptual sobre o sistema solar, que irá ver a luz do dia a nove de junho através da 4AD, com a assinatura dos músicos norte americanos Sufjan Stevens, Bryce Dessner, Nico Muhly e James McAlister.

Com dezassete temas num alinhamento que podes conferir abaixo e que têm vindo a ser trabalhadas pelo quarteto desde 2013, depois de uma performance no Brooklyn Academy Of Music, em Nova York, Planetarium será, certamente, uma gloriosa e cósmica viagem sonora pelos recantos do nosso sistema planetário, à boleia de um conjunto de canções que do rock progressivo à pop construída em redor de pianos melancólicos, aglutinará também no seu âmago uma forte veia eletroacústica algo suave e adocicada, como se percebe, por exemplo, em Mercury, o mais recente tema divulgado do disco e já com direito a um vídeo a preto e branco, assinado por Deborah Johnson. Confere... 

01 Neptune
02 Jupiter
03 Halley’s Comet
04 Venus
05 Uranus
06 Mars
07 Black Energy
08 Sun
09 Tides
10 Moon
11 Pluto
12 Kuiper Belt
13 Black Hole
14 Saturn
15 In the Beginning
16 Earth
17 Mercury


autor stipe07 às 00:24
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Quarta-feira, 17 de Maio de 2017

Beach House - B-Sides and Rarities

Resultado de imagem para beach house 2017

A dupla Beach House, um projeto sedeado em Baltimore, no Maryland, formado pela francesa Victoria Legrand e pelo norte americano Alex Scally, está de regresso em 2017 aos lançamentos discográficos depois da parelha de álbuns que lançou em 2015, com um intervalo de dois meses, Depression Cherry e Thank Your Lucky Stars. Recordo que anteriormente a dupla já havia lançado Beach House (2006), Devotion (2008), Teen Dream (2010) e Bloom (2012). Desta vez não irá ver a luz do dia um álbum de originais, mas uma compilação de catorze canções com lados b e raridades retiradas de todos os discos da dupla.

Seja como for, deste B-Sides and Rarities dos Beach House irão também constar dois inéditos, os temas Chariot e Baseball Diamond, que foram gravados durante as sessões de Depression Cherry e Thank Your Lucky Stars e dos quais já é possível escutar o primeiro, um tema que assenta numa sonoridade simples e nebulosa, bastante melódica e etérea, plena de sintetizadores assertivos e ruidosos e guitarras com efeitos recheados de eco, que mantém intacta a aura melancólica e mágica de um projeto que vive em redor da voz doce de Victoria e da mestria instrumental de Alex e se aproxima cada vez mais de algumas referências óbvias de finais do século passado. Confere Chariot e o alinhamento de B-Sides and Rarities...

Chariot

Baby

Equal Mind

Used To Be (2008 single version)

White Moon (iTunes session remix)

Baseball Diamond

Norway (iTunes session remix)

Play The Game 

The Arrangement

Saturn Song

Rain In Numbers

I Do Not Care For the Winter Sun

10 Mile Stereo (Cough Syrup Remix)

Wherever You Go


autor stipe07 às 15:51
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Terça-feira, 16 de Maio de 2017

Tomara - Coffee And Toast

Será no final do verão, lá para setembro, que chegará aos escaparates Favourite Ghost, o disco de estreia do projeto Tomara da autoria de Filipe Monteiro, um músico que começou por estudar Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes e que trabalhou em vídeos e na parte visual de concertos de nomes como os já extintos Da Weasel, mas também com Paulo Furtado, David Fonseca, Rita Redshoes, António Zambujo e Márcia.

Resultado de imagem para tomara filipe monteiro

Filipe Monteiro olha para o mundo que o rodeia com uma assertividade incomum, referindo que o mesmo se constrói de exercícios filosóficos que se transformam em tratados lançados para o barulho dos nossos dias e que é importante, vestirmo-nos, se de sapiência formos ricos, do que vale a pena. Este acaba por ser o mote para um álbum que certamente fará uma reflexão crítica bastante pessoal de uma contemporaneidade comum a todos nós, mas que pode ser observada e analisada com diferentes olhares e através de diversos ângulos, sendo o de Filipe claramente aquele que privilegia a componente visual e a musicalidade dessa mesma abordagem.

O balanço suave das teclas, as guitarras efusivas e a bateria marcante de Coffee And Toast, a primeira amostra divulgada de Favourite Ghost, remetem-nos exatamente para esse universo impressivo, em que a música possibilita a formulação de um ideário e uma trama passíveis de desfilar pela nossa mente, neste caso explicada pelo próprio autor como uma canção que narra de forma bela e redentora dias em que a felicidade foi, circunstancialmente, mergulhada num qualquer nevoeiro desordenado e difícil, quase penumbroso. mas com a música a voltar a colocar tudo nos eixos, já que devido a ela o amor emerge ressoante. Confere o tema e o vídeo do mesmo, da autoria do próprio Filipe C. Monteiro...


autor stipe07 às 14:11
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Sábado, 13 de Maio de 2017

Sleep Party People – Fainting Spell

Resultado de imagem para sleep party people brian batz 2017

Lingering, o novo registo de originais dos projeto Sleep Party People do dinamarquês Brian Btaz, chega aos escaparates a dois de junho, à boleia da Joyful Noise Recordings e não receio arriscar que poderá muito bem ser um dos melhores discos de 2017. O álbum contará com as participações especiais de Peter Silberman dos The Antlers e Beth Hirsch que emprestou a sua voz a alguns dos temas mais emblemáticos de Moon Safari, a obra-prima dos franceses Air.

Construída em redor de um muro sónico de sons sintetizados plenos de luz e harmonia, ao qual depois se junta uma guitarra pulsante, Fainting Spell é o primeiro single divulgado de Lingering, canção que nos faz sentir um pouco estranhos no meio de nós mesmos, um, ninguém e cem mil. A voz de Batz olha, mais uma vez, para o interior da alma e incita os nossos desejos mais profundos, como se cavasse e alfinetasse um sentimento em nós, impulsionado por uma filosofia sonora que explora uma miríade instrumental alargada e onde a vertente experimental assume uma superior preponderância ao nível da exploração do conteúdo melódico. Na canção a letra também é um elemento vital, tantas vezes o veículo privilegiado de transmissão da angústia que frequentemente invade Batz. Confere...

Sleep Party People - Fainting Spell


autor stipe07 às 00:18
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Quinta-feira, 11 de Maio de 2017

The National - The System Only Dreams in Total Darkness

The National

Será a oito de setembro próximo que chegará aos escaparates e através da 4AD Sleep Well Beast, o tão aguardado novo registo de originais dos norte-americanos The National, que irá suceder a Trouble Will Find Me, o disco que a banda de Matt Berninger e os irmãos Dessner e Devendorf editou no já longínquo ano de 2013.

The System Only Dreams in Total Darkness é o primeiro single retirado de Sleep Well Beast, canção que coloca os The National no trilho de uma sonoridade cada vez menos sombria e com ênfase numa toada mais épica, aberta e dançável, demonstrando o cada vez maior ecletismo de um grupo consciente de que a existência humana não deve apenas esforçar-se por ampliar intimamente o lado negro, porque ele será sempre uma realidade, mas antes focar-se no que de melhor nos sucede e explorar até à exaustão o usufruto das benesses com que o destino nos brinda, mesmo que as relações interpessoais nem sempre aconteçam como nos argumentos dos filmes. Confere The System Only Dreams In Total Darkness e a tracklist de Sleep Well Beast...

Nobody Else Will Be There
Day I Die
Walk It Back
The System Only Dreams In Total Darkness
Born To Beg
Turtleneck
Empire Line
I’ll Still Destroy You
Guilty Party
Carin At The Liquor Store
Dark Side Of The Gym
Sleep Well Beast


autor stipe07 às 11:55
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Segunda-feira, 8 de Maio de 2017

Grizzly Bear – Three Rings

Grizzly Bear - Three Rings

Até parece mentira, mas já foi em 2004 que Horn of Plenty estreou os nova iorquinos Grizzly Bear de Edward Dros, Daniel Rossen, Christopher Bear e Chris Taylor nos lançamentos musicais. Na época, o disco passou despercebido e até há quem não o inclua na discografia oficial da banda, até porque foi composto inteiramente pelo vocalista, Edward Dros, com apenas algumas contribuições do baterista, Christopher Bear. Agora, quase década e meia depois, irá chegar finalmente, o quinto disco dos Grizzly Bear, editado a dezoito de setembro através da Warp Records e já cinco anos depois do antecessor, o excelente Shields.

Three Rings é o primeiro single divulgado desse novo registo do quarteto norte-americano, ainda sem data de lançamento definida, uma canção que acaba por refletir muita da melancolia que era exposta nos primórdios da carreira dos Grizzly Bear, algo que se infere da camada de ruídos experimentais e compostos acinzentados que sustentam o tema, com o acrescento de arranjos onde contrastam elementos acústicos e elétricos e que deitam por terra qualquer sintoma de monotonia e repetição. Confere...


autor stipe07 às 21:38
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Sexta-feira, 5 de Maio de 2017

Lcd Soundsystem - Call The Police vs American Dream

Resultado de imagem para lcd soundsystem 2017

Se já não restavam quaisquer dúvidas que 2017 iria ser o ano em que os LCD Soundsystem de James Murphy iriam editar o sucessor de This Is Happening, há poucas horas elas dissiparam-se completamente com a divulgação de duas novas canções desta banda nova iorquina, já disponíveis para audição. Call The Police e American Dream são os títulos destas composições intensas e melancólicas e que nos possibilitam usufruir de um mosaico declarado de referências, com a primeira a piscar o olho a uma mescla entre a típica eletrónica underground nova iorquina e o colorido neon dos anos oitenta e a segunda, dentro da mesma bitola, a dividir-se num período introspetivo, para depois resvalar para um final épico e de maior exaltação.

Entretanto, James Murphy adiantou que o novo disco está quase pronto, que está bastante ansioso por terminá-lo e lançá-lo e que pretende que tenha uma edição em vinil, tendo também esclarecido que faltam apenas algumas vozes e misturas e que este foi o álbum que mais o divertiu e gozo lhe deu compôr, sentindo-se muito feliz com o conteúdo do mesmo. Confere...


autor stipe07 às 13:58
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Quinta-feira, 4 de Maio de 2017

Noiserv - Se O Tempo Não Falasse (vídeo)

Uma das mentes mais brilhantes e inspiradas da música nacional chama-se David Santos e assina a sua música como Noiserv. Vindo de Lisboa, Noiserv tem na bagagem um compêndio de canções que fazem parte dos EPs 56010-92 e A Day in the Day of the Days, estando o âmago da sua criação artística nos álbuns One Hundred Miles from Thoughtless Almost Visible Orchestra, adocicados pelo DVD Everything Should Be Perfect Even if no One's Therehavendo, desde o outono do último ano, mais um compêndio de canções para juntar a esta lista. Refiro-me a um trabalho intitulado 00:00:00:00, incubado quase de modo espontâneo e sem aviso prévio, mas um registo que é mais um verdadeiro marco numa já assinalável discografia, ímpar no cenário musical nacional, de um artista que nos trouxe uma nova forma de compôr e fazer música e que gosta de nos deixar no limbo entre o sonho feito com a interiorização da cor e da alegria sincera das suas canções e a realidade às vezes tão crua e que ele também sabe tão bem descrever.

Resultado de imagem para Noiserv Inês sousa

Além dos concertos de promoção de 00:00:00:00, Noiserv também entrou no novo ano a fazer parte do elenco de compositores convidados a criar composições sonoras para a mais recente edição do Festival da Canção. Para o efeito compôs o lindíssimo tema Se O Tempo Não Falasse e contou com a voz de Inês Sousa para dar ainda mais vida à orquestra de sons que adornaram e suportaram um edifício sonoro tão cativante como o mais belo sorriso que aquela criança que tanto amamos nos oferece logo pela manhã, ou a força que tem a luz do sol da primavera com que todos idealizamos de alterar o estado físico do coração mais empedernido e sufocado pelas agruras insensíveis de uma existência comum. Agora, algumas semanas depois do evento, divulgam o vídeo da mesma, com realização e edição de ambos. Confere...

Próximos concertos noiserv de apresentação do disco 00:00:00:00

SEX. 05 de MAIO – Salão Medieval da UMinho, Braga (PT)
SÁB. 06 de MAIO – Teatro Stephens, Marinha Grande (PT)
SEX. 12 de MAIO – Os Artistas, Faro (PT)
SÁB. 13 de MAIO – Teatro Municipal, Portimão (PT)
SÁB. 20 de MAIO – Teatro Académico Gil Vicente [TAGV], Coimbra (PT)
SÁB. 27 de MAIO – Matadero, Madrid (ES)


autor stipe07 às 16:02
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Quinta-feira, 27 de Abril de 2017

The War On Drugs - Thinking Of A Place

 

Os The War On Drugs de Adam Gradunciel já eram sinónimo de saudade na redação de Man On The Moon, até porque não davam sinais de vida desde o excelente Lost In The Dream, editado há cerca de três anos. Refiro-me a um projeto norte americano cuja sonoridade descomprometida e apimentada com pequenos delírios acústicos foi aos poucos transformando-se numa referência para vários artistas em início de carreira e que está de regresso em 2017 com um novo registo de originais. Mas para já, enquanto o novo disco não chega, Gradunciel produziu especialmente para o Record Store Day deste ano Thinking Of A Place, um tema que encarna onze minutos que são uma verdadeira vibe psicadélica e poeticamente melancólica, com uma progressão interessante e onde vão sendo adicionados diversos arranjos, sintetizadores a batidas que adornam as guitarras e a voz, com um resultado muito atrativo e cativante para o ouvinte. Confere...


autor stipe07 às 13:19
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|

eu...

Powered by...

stipe07

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parceria - Portal FB Headliner

Facebook

Em escuta...

Twitter

Twitter

Blogs Portugal

Bloglovin

Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


21
22
27

28
29
30
31


posts recentes

Sleep Party People – The ...

Sufjan Stevens, Bryce Des...

Beach House - B-Sides and...

Tomara - Coffee And Toast

Sleep Party People – Fain...

The National - The System...

Grizzly Bear – Three Ring...

Lcd Soundsystem - Call Th...

Noiserv - Se O Tempo Não ...

The War On Drugs - Thinki...

Gorilla Cult - Mothership

Glass Vaults - Bleached B...

Fujiya And Miyagi – Fujiy...

Joana Barra Vaz - Mergulh...

Alt-J (∆) – In Cold Blood

Slowdive – Sugar For The ...

Mark Kozelek – Night Talk...

Gorillaz - Saturn Barz (f...

Real Estate - In Mind

Cave Story - Trying Not T...

X-Files

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

take a look...

I Love...

Os melhores discos de 201...

Astronauts - Civil Engine...

blogs SAPO

subscrever feeds