Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2010

Atmosfera da Super-Terra GJ 12114b

No passado dia dois de Dezembro a revista Nature publicou um estudo com uma das descobertas mais fantásticas dos últimos tempos e que tem passado despercebida; Pela primeira vez uma equipa de astrónomos analisou a atmosfera de um exoplaneta do tipo super-Terra, neste caso o planeta com o nome de código GJ 12114b, através de um telescópio instalado no Chile. Foi descoberto que o mesmo é formado por vapor de água que origina nuvens bastante densas e grossas. O GJ 12114b tem um diâmetro três vezes maior do que a Terra e uma massa 6,5 vezes maior, situa-se a 40 anos-luz e foi descoberto muito recentemente, em Novembro de 2009. Este planeta, segundo a ESO, demora 38 horas a executar uma volta ao redor da sua pequena estrela vermelha hospedeira, localizada a cerca de 40 anos-luz de distância da Terra, na constelação de Ofiúco (ou Serpentário), orbitando a uma distância de apenas dois milhões de quilómetros, cerca de setenta vezes mais perto do que a órbita da Terra em torno do Sol.


 

De acordo com o autor do estudo, Jacob Dean, que trabalha no Centro de Astrofísica da Universidade de Harvard, uma super-Terra é o nome que se dá a um planeta de transição entre planetas com as características de astros rochosos como a Terra, Vénus e Marte e astros gasosos, gigantes e gelados, como Úrano e Neptuno. Este tipo de planetas era desconhecido antes de se observar outros fora do sistema solar.

A análise da atmosfera do planeta foi feita com o telescópio Chileno a verificar se determinados comprimentos de onda que no espectro da luz caem no infra-vermelho, ao atravessarem a atmosfera do GJ 12114b eram alterados, denunciando a sua composição. E as leituras do telescópio indicaram estar-se perante um planeta com uma atmosfera formada por vapor de água tão denso que fica compactado junto da superfície da super-Terra. Este é o resultado mais significativo do último ano sobre medições da atmosfera de um exoplaneta e um ano é muito tempo neste campo, afirmou em declarações à BBC News Drake Deming, do Laboratório de Sistemas Planetários da NASA, que também escreveu sobre este artigo. Entretanto Dean disse também que vai haver mais novidades sobre o GJ 12114b; Este é o exoplaneta mais interessante conhecido e há muitos cientistas focados nele.


Lá em cima anda outro telescópio à procura de super-Terras. Chama-se Kepler, foi colocado em órbitra em Março do ano passado e já descobriu cerca de 700 astros que poderão figurar na lista desse tipo de planetas, dos quais se destacam Corot-7b, Osíris HD209458b e o HD149026b

O Kepler pesa mais de uma tonelada e está equipado com um fotómetro de 95 milhões de pixéis, a maior objectiva fotográfica lançada no espaço pela Nasa. É ultra-sensível às variações luminosas e vai fotografar durante pelo menos três anos mais de 100 mil estrelas parecidas com o Sol, na região do Cisne e da Lira da Via Láctea.


autor stipe07 às 22:57
link do post | comenta / bad talk | See the bad talk... (1) | The Best Of Man On The Moon...
|
Quarta-feira, 6 de Outubro de 2010

Semana Mundial do Espaço

Começou segunda-feira a Semana Mundial do Espaço,  este ano sob o tema Mistérios do Cosmos e que assinala a comemoração de dois eventos: O lançamento do primeiro satélite artificial, Sputnik 1, a 4 de Outubro 1957 e a assinatura do Tratado sobre os princípios que governam as actividades dos Estados na exploração e uso do Espaço, incluindo a Lua e outros corpos celestes, a 10 de Outubro de 1967. Esta efeméride anual foi instituída em 1999 pelas Nações Unidas.
Quem é que nunca olhou para o céu e não se questionou sobre o seu lugar no Universo?

 

Se muitas vezes guardamos dentro de nós a nossa resposta, ou as novas dúvidas que esta pergunta, que desde sempre acompanhou a humanidade, nos gera, cientificamente a solução está mais perto de ver a luz do dia! Com o avanço vertiginoso da ciência, surgem diariamente novas questões sobre a natureza das estrelas e das galáxias e a origem da própria vida, até chegarmos um dia à resposta final.

Assim, em 2010, a Semana Mundial do Espaço propõe que mundialmente seja feito um balanço do que já sabemos, do seu significado e dos mistérios do cosmos que ainda estão por desvendar.
Para mais informações, podes também consultar o site da Ciência Viva e conferir se perto de ti está prevista alguma actividade relacionada com este evento. Estão previstas 34 acções em todo o país; Construir foguetões, desenhar um fato espacial personalizado, ou criar uma ementa para astronautas, são algumas das actividades propostas, todas bastante pedagógicas e com uma forte componente lúdica associada!


autor stipe07 às 21:55
link do post | comenta / bad talk | The Best Of Man On The Moon...
|
Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010

Perseids

Apaixonado que sempre fui pela astronomia, desde muito novo tive predilecção pelo céu e por observar a sua beleza natural. Na idade em que tudo parece possível e o sonho e a realidade confundem-se tantas vezes durante o processo de percepção e entendimento do mundo que nos rodeia, quis ser um astronauta só para poder ir lá acima, tocar nas estrelas e pisar a Lua. Uns anos depois, ao ler O Principezinho de Saint- Exupéry, senti o conforto dessa viagem, razão pela qual este é, sem dúvida, o livro da minha vida!

 

 

Todas as pessoas grandes começaram por ser crianças, embora poucas se lembrem disso. (...) Os olhos são cegos. É preciso procurar com o coração.

 

O mês de Agosto é, no hemisfério norte, o melhor mês do ano para observar o céu, desde que as condições atmosféricas o permitam! E este ano, Agosto tem tido noites excepcionais, anormalmente límpidas e que têm permitido avistar fenómenos espectaculares. Saliento a fantástica Lua Cheia que tem sido possível visualizar há algumas noites. Estou sempre particularmente atento ao período da Lua Cheia; É o período do mês em que gosto mais de observar esta minha confidente e asseguro que não guardo na memória uma fase tão deslumbrante como a desta semana.

Entretanto, e mais uma vez guiado pela música, neste caso dos Sigur Rós, descobri outro fenómeno astronómico anual e que assumiu proporções espectaculares em 2010; Refiro-me à chuva de meteoritos de Perseides, observável anualmente no hemisfério norte.

A chuva de meteoritos de Perseides está associada ao cometa Swift Tuttle. Consiste em partículas e poeiras deixadas por esse cometa, cuja viagem sucede numa órbita de 130 anos. O fenómeno foi baptizado assim porque é visível junto à constelação de Perseus, em plena via láctea. A chuva de meteoritos começa a ser visível a partir de meados de Julho, mas o pico da actividade acontece sempre na segunda semana de Agosto, atraindo a atenção de astrónomos e simples curiosos... como eu!

Este ano, alguém observou o fenómeno nos Estados Unidos, entre os dias 12 e 15 de Agosto, no famoso parque nacional Joshua Tree e fez um vídeo, com banda sonora dos Sigur Rós. Vale a pena espreitar...

 

music: Sigur Ros - Samskeyti

autor stipe07 às 14:13
link do post | comenta / bad talk | See the bad talk... (1) | The Best Of Man On The Moon...
|
Quarta-feira, 19 de Maio de 2010

Halley - 100 anos

Fez na última noite cem anos que o mundo ficou em suspenso perante a aproximação do cometa Halley à órbita terrestre.

 

Numa época em que a ciência já tinha dado passos importantes, mas as crenças do senso comum continuavam a impôr a sua lei, nomeadamente em Portugal, um país à época com um grau de analfabetismo na ordem dos 80%, por cá, muitos acreditavam que com o Halley viria o fim do mundo! Ainda por cima, a poucos meses do 5 de Outubro de 1910, este acontecimento foi aproveitado pelos próprios republicanos, que acusaram o clero do interior rural de espalhar que o cometa era enviado por Deus e vinha envolvido por gases venenosos que iriam matar todos os seres vivos, ao invés de informar as pessoas sobre a veracidade científica do fenómeno.

Assim, naquela época, o Halley esteve presente em várias dimensões da vida do país. No humor foi utilizado para associar os políticos aos escândalos da época, na publicidade ajudou a vender os mais variados artigos e até deu o nome a uma peça de teatro de revista intitulada O cometa.

 Às vezes a RTP também consegue provar que faz realmente serviço público. Nessa medida, o canal público de televisão resolveu recuperar os acontecimentos de 18 de Maio de 1910 em duas produções; Um documentário que estreia hoje, às 21 horas, na Dois, intitulado O Cometa da República e uma série de ficção, A noite do fim do Mundo, prevista para o final do ano. Ambos os formatos foram produzidos pela Hoop Filmes e partem da investigação feita pelo historiador Joaquim Fernandes e da qual também resultou um livro.

Segundo o historiador, A investigação baseia-se na imprensa da altura. O documentário vai viver muito das leituras dos jornais da época. (...) De início especulou-se muito com a possibilidade do envenenamento da atmosfera terrestre. As pessoas reagiam em função das notícias, que reflectiam o ambiente social e cultural da época.

Transcrevo também a contra-capa do livro referido e que se chama Halley, o cometa da República

 

Celebrando-se em 2010 o Centenário da instauração da República em Portugal, decorre também um século sobre o maior evento de medo colectivo vivido pela população portuguesa no decurso da sua História.

São expostos os nexos e fortuitas relações - acasos e coincidências  inscritos na história da Astronomia - entre ambos os acontecimentos ocorridos nesse mesmo  ano: cerca de cinco meses depois da sua passagem próxima da Terra, em Maio, o cometa de Halley viria a ser lembrado como uma espécie de mensageiro, anunciador da primeira mudança de regime político em Portugal desde a fundação da nacionalidade.

Por tal motivo, o mais popular cometa da História humana pode ser etiquetado pelo inconsciente colectivo nacional como "o cometa da República".

Muitos dos temas que emergiram na sociedade portuguesa, a pretexto da aproximação do tão temido cometa, foram usados como arma ideológica pelos republicanos contra os suportes sociais, mentais e religiosos da Monarquia.

As fragilidades mentais do Portugal profundo, inseguro e supersticioso, vieram ao de cima, em todo o seu esplendor trágico e cómico. Como nos grandes dramas clássicos ou da antecipação científica, a sociedade portuguesa viveu, de facto, o transe de uma noite de "fim do mundo" !

 

O cometa Halley foi baptizado por Edmund Halley, o astrónomo que pela primeira vez calculou a sua órbita e  determinou que os cometas vistos em 1531 e 1607 eram o mesmo objecto que cumpria uma órbita de 76 anos. Infelizmente, Halley morreu em 1742, não chegando a viver o suficiente para conseguir ver a sua predição tornar-se realidade, quando o cometa regressou na Véspera de Natal de 1758. Já é conhecido desde pelo menos 240 a.C. e possivelmente desde 1059 a.C. A sua aparição mais famosa foi em 1066 d.C. quando foi visto pouco antes da Batalha de Hastings.

As aparições mais famosas do cometa Halley foram em 1835 e 1910 e a última em 1986. Para observar de perto este corpo celeste, em 1984 e 1985, a URSS, o Japão e a Agência Espacial Europeia lançaram sondas para se encontrarem com o astro.

 

Alguns dados acerca do cometa Halley;

  • Distância do Periélio: 0.587 UA
  • Excentricidade Orbital: 0.967
  • Inclinação Orbital: 162.24°
  • Período Orbital: 76.0 anos
  • Próximo Periélio: 2061
  • Diâmetro: 16 x 8 x 8 km
music: Snow Patrol - The Planets Bend Between Us

autor stipe07 às 22:08
link do post | comenta / bad talk | The Best Of Man On The Moon...
|

eu...

Powered by...

stipe07

Em escuta...

Facebook

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


posts recentes

Atmosfera da Super-Terra ...

Semana Mundial do Espaço

Perseids

Halley - 100 anos

X-Files

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

take a look...

Procura...

 

Visitors (since 31.05.12)

blogs SAPO

subscrever feeds