Quinta-feira, 3 de Março de 2016

Living Hour – Living Hour

O bucolismo de Winnipeg é o poiso dos Living Hour, um projeto sonoro canadiano que acaba de se estrear nos discos com um homónimo, editado a dezanove de fevereiro último através da conceituada Lefse Records e que em oito canções nos oferece uma revisão bastante contemporânea de toda a herança que o indie rock de cariz mais melancólico, ambiental e lo fi nos deixou até hoje, com fundamentos que remontam à psicadelia que começou a fazer escola na década de sessenta do século passado.

Atraídos por um passado que é hoje alvo de revisão constante por um grande número de bandas oriundas da América do Norte, estes Living Hour têm uma visão bastante atmosférica e contemplativa do rock alternativo dominado por guitarras plenas de distorção, mas particularmente melódicas. Juntando a isso um registo vocal ecoante e uma panóplia infinita de efeitos sintetizados, que dão vida a um clima bastante sentimental, ampliado por letras consistentes, que confortam e destroiem o coração num mesmo verso, está apresentado o contexto geral que norteia este alinhamento.

O lugar onde tocam estes Living Hour é assumidamente retro, com canções do calibre da efusiva Seagull ou da mais resguardada This Is The Place, os dois maiores destaques de Living Hour, a exalarem uma mansidão folk rock psicadélica incomum e capaz de nos envolver num torpor intenso. É uma sonoridade que parece estar presa num qualquer transítor há várias décadas, finalmente libertada com o aconchego que a evolução tecnológica destes dias permite, tendo ficado disponível algures numa solarenga praia, com vista para um vasto oceano de questões existenciais, que entre o arrojado e o denso, oferece-nos uma estadia de magia e delicadeza invulgares.

Contemplar este disco de estreia dos Living Hour exige a absorção plena e dedicada de uma assumida grandiosidade celestial, onde o ruído se confunde com charme, uma simbiose à qual é impossível ficar indiferente, imbuída de uma salutar complexidade que coloca os autores rumo à típica pop que se situa num patamar superior de abrangência. Espero que aprecies a sugestão...

Living Hour - Living Hour

01. Summer Smog
02. Seagull
03. This Is The Place
04. Steady Glazed Eyes
05. There Is No Substance Between
06. Mind Goodbyes
07. Miss Emerald Green
08. Feel Shy


autor stipe07 às 17:10
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon... (1)
|

eu...


more about...

Follow me...

. 51 seguidores

Powered by...

stipe07

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parceria - Portal FB Headliner

Facebook

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Em escuta...

Twitter

Twitter

Blogs Portugal

Bloglovin

Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

Tame Impala – Currents B-...

Björk – Blissing Me

The Wombats – Lemon To A ...

Walk The Moon – What If N...

Plastic Flowers – Absent ...

Bruno Pernadas e Ricardo ...

Dear Telephone - Cut

Martin Carr - New Shapes ...

Grooms – Exit Index

Destroyer – Ken

Black Rebel Motorcycle Cl...

Franz Ferdinand – Always ...

Mano a Mano - Mano a Mano...

My Sad Captains – Sun Bri...

St. Vincent - Masseductio...

Walk The Moon – Headphone...

Grandfather's House - Div...

Hamilton Leithauser – Hea...

Paperhaus – Are These The...

MGMT – Little Dark Age

X-Files

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

take a look...

I Love...

Os melhores discos de 201...

Astronauts - Civil Engine...

SAPO Blogs

subscrever feeds