Terça-feira, 31 de Outubro de 2017

Franz Ferdinand – Always Ascending

Franz Ferdinand - Always Ascending

Quatro anos depois de Right Thoughts, Right Words, Righ Action podemos novamente abrir alas para os jeans coçados escondidos no guarda fatos, sacar das t-shirts coloridas e pôr o congelador a bombar com cerveja e a churrasqueira a arder porque o velhinho rock n'roll feito sem grandes segredos, carregado de decibeis, que só os escoceses Franz Ferdinand sabem como replicar está de volta com Always Ascending, lá para fevereiro próximo.

Já é conhecido o single homónimo desse novo registo de originais dos Franz Ferdinand, uma espiral instrumental em que crescem guitarras e bateria e o pendor exaltante dos sintetizadores, num frenesim de dance post punk rock que irá certamente colocar novamente este grupo escocês em plano de destaque no universo sonoro indie em que se insere. Confere...


autor stipe07 às 22:01
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Terça-feira, 24 de Outubro de 2017

Walk The Moon – Headphones

Walk The Moon - Headphones

Os norte americanos Walk The Moon Nicholas Petricca estão finalmente de regresso aos discos após um hiato algo prolongado. Impressionaram em 2012 com um espetacular homónimo impregnado de canções com refrões acessíveis e aditivos e melodias dançáveis, paisagens sonoras atmosféricas onde ecoavam guitarras, tambores e batidas e que poderão estar de regresso em What If Nothing, o disco que esta banda oriunda de Cincinnati irá lançar a dez de novembro próximo.

Headphones é o primeiro single já divulgado de What If Nothing, um tema que não reprime nenhum impulso na hora de puxar pelo red line e que, impressionando pela crueza e pela rugosidade, tem ainda o bónus de contar com o elevado protagonismo do baixo na arquitetura melódica que o sustenta. Confere...


autor stipe07 às 21:29
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Sábado, 21 de Outubro de 2017

Hamilton Leithauser – Heartstruck (Wild Hunger) feat. Angel Olsen

Hamilton Leithauser - Heartstruck (Wild Hunger)

No ano transacto Hamilton Leithauser convidou Rostam Batmanglij para uma participaçao especial no tema I Had a Dream That You Were Mine, uma brilhante parceria que nos ofereceu uma notável viagem a sonoridades de outrora por parte deste vocalista dos The Walkmen que a solo costuma enveredar por sonoridades eminentemente clássicas.

Agora, em pleno outono de 2017, Leithauser oferece-nos uma canção onde conta com outra voz feminina imponente, neste caso a de Angel Olsen, na canção Heartstruck (Wild Hunger). Nesta nova composição do músico, o jogo de vozes selvagem e emotivo que se estabelece entre a dupla e o arsenal instrumental escolhido, do qual se destaca um baixo proeminente e um piano frenético, que dá vida a uma orquestração luxuriante particularmente rica e luminosa, resultam em três minutos e meios de uma pop barroca vintage bastante charmosa e comovente. Confere...


autor stipe07 às 14:54
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

MGMT – Little Dark Age

MGMT - Little Dark Age

Pouco mais de quatro anos depois de um homónimo, a dupla norte-americana MGMT formada por Andrew VanWyngarden e Ben Goldwasser, está prestes a regressar aos discos com Little Dark Age, o quarto trabalho destes já veteranos do indie rock psicadélico, que desde o espetacular disco de estreia Oracular Spectacular nos habituaram a uma espécie de rock psicadélico algures entre os Pink Floyd das décadas de sessenta e setenta e uns mais contemporâneos Flaming Lips, mas também com os olhos e ouvidos postos em projetos mais atuais e até, de algum modo, concorrentes, nomeadamente os Tame Impala ou os Animal Collective.

No entanto, parece que desta vez os MGMT vão apostar num ambiente sonoro mais cinzento e eminentemente sintético, fazendo juz ao conteúdo de Little Dark Age, a canção homónima já divulgada do trabalho e que parece ser a banda sonora perfeita para o Halloween que se aproxima. A mesma tem também já um vídeo dirigido por David MacNutt e Nathaniel Axel. Mais de uma década depois da estreia, os MGMT continuam a chegar ao estúdio de mente aberta e dispostos a servir-se de tudo aquilo que é colocado ao seu dispôr para criar músca, sejam instrumentos eletrónicos ou acústicos, para assim fazerem canções cheias de sons poderosos e tortuosos, sintetizadores flutuantes e vozes abafadas. Confere...


autor stipe07 às 20:50
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|

Noiserv - Dezoito e edição de 00:00:00:00 em vinil.

Resultado de imagem para noiserv caixa música onze

Uma das mentes mais brilhantes e inspiradas da música nacional chama-se David Santos e assina a sua música como Noiserv. Vindo de Lisboa, Noiserv tem na bagagem um compêndio de canções que fazem parte dos EPs 56010-92 e A Day in the Day of the Days, estando o âmago da sua criação artística nos álbuns One Hundred Miles from Thoughtless Almost Visible Orchestra,adocicados pelo DVD Everything Should Be Perfect Even if no One's Therehavendo, desde o outono de 2016 mais um compêndio de canções para juntar a esta lista, um trabalho intitulado 00:00:00:00, incubado quase de modo espontâneo e sem aviso prévio, mas um registo que é mais um verdadeiro marco numa já assinalável discografia, ímpar no cenário musical nacional, de um artista que nos trouxe uma nova forma de compôr e fazer música e que gosta de nos deixar no limbo entre o sonho feito com a interiorização da cor e da alegria sincera das suas canções e a realidade às vezes tão crua e que ele também sabe tão bem descrever.

Para comemorar um ano de existência, um dos destaques de 00:00:00:00, o tema DEZOITO, que encerra o alinhamento do álbum, acaba de ser editado em single. É uma canção que nos convida à introspeção e a meditar nas consequências dos nosos atos. Nas próprias palavras do músico, serve para se assumir que tudo tem um fim querendo tornar-se eterno e que tudo se reconstrói na inevitabilidade de terminar um dia. O videoclipe que acompanha este edição de DEZOITO em formato single teve realização partilhada com André Tentugal e o apoio da Câmara Municipal do Porto.

Ainda nas comemorações de um ano de existência, 00:00:00:00 acaba ctambém de ser editado em vinil. Num disco que já se conhecia transparente, muitas são emoções que nos transmite agora em doze polegadas girando a quarenta e cinco rotações por minuto.

Noiserv revelou ainda as datas de concertos até final do ano: de Leiria a Braga, passando pela Covilhã, Silves e St. Brieuc em França, terminando já perto do Natal no bonito Teatro Ibérico em Lisboa.

SEX. 27 OUTUBRO - Teatro José Lúcio | Leiria (Portugal)

SEX. 17 NOVEMBRO - Festival Para Gente Sentada | Theatro Circo, Braga (Portugal)

QUI. 23 NOVEMBRO - Festival Y#13 | Teatro das Beiras, Covilhã (Portugal)

SÁB. 25 NOVEMBRO – Teatro Mascarenhas Gregório, Silves (Portugal)

SEX. 01 DEZEMBRO - La Citrouille, St. Brieuc (França)

SEX. 22 DEZEMBRO - Teatro Ibérico, Lisboa (Portugal)

 


autor stipe07 às 13:19
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017

Django Django – Tic Tac Toe

Django Django - Tic Tac Toe

 

Chegam de Edimburgo, na Escócia, têm um irlandês lá pelo meio, atualmente assentaram arrais em Dalston, aquele bairro de Londres onde tudo acontece, chamam-se Django Django e são um nome que este blogue tem acompanhado com toda a atenção na última meia década. Depois de se terem estreado nos discos em janeiro de 2012 com um trabalho homónimo muito bem aceite pela crítica e nomeado para um Mercury Prize nesse mesmo ano, a banda, formada por Dave Maclean, Vincent Neff, Tommy Grace e Jimmy Dixon, regressou em 2015 com o excelente Born Under Saturn, e agora, no início de 2018, a vinte e seis de janeiro, via Ribbon Music, irá regressar aos lançamentos discográficos com Marble Skies, um alinhamento de dez canções certamente feitas com uma pop angulosa proposta por quatro músicos que, entre muitas outras coisas, tocam baixo, guitarra, bateria e cantam, sendo isto praticamente a única coisa que têm em comum com qualquer outra banda emergente no cenário alternativo atual.

Tic Tac Toe é o primeiro single extraído de Marble Skies, uma canção assente numa percussão tribal, acompanhada por uma guitarra com um delicioso efeito hipnótico da guitarra e um baixo vigoroso e já com direito a um curioso vídeo realizado por John Maclean, membro dos carismáticos The Beta Band. É um filme que aprentemente podia debruçar-se sobre a era dos jogos de arcada, sobre um tempo que parece nunca chegar para nada, sobre o ódio e o amor, o horror ea felicidade, mas que é simplesmente sobre um homem que precisa de comprar algum leite para fazer juntar à sua chávena de chá. Confere...


autor stipe07 às 15:12
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Domingo, 15 de Outubro de 2017

Wild Beasts – Punk Drunk And Trembling

Wild Beasts - Punk Drunk And Trembling

Aproximadamente um ano após o excelente Boy King, que tinha sido já um notável sucessor de Present Tense e da obra prima Smother (2011), o quarteto britânico Wild Beasts acaba de anunciar a separação para tristeza dos inúmeros fãs que têm não só na Europa mas também do outro lado do atlântico. Para encerrar as hostilidades o grupo vai editar um EP daqui a alguns dias com três canções, das quais já se conhece o tema homónimo. Além disso, o grupo também anunciou três concertos de despedida, todos em Inglaterra.

Em Punk Drunk and Trembling, além de impressionar a simbiose entre a distorção das guitarras e um conjunto de referências que piscam o olho a alguns fragmentos mais preponderantes da eletrónica atual, também impressiona o modo como os The Wild Beasts não descuram uma forte presença da synthpop típica dos anos oitenta, de forma equilibrada e não demasiado vintage, aspetos que fazem da canção um excelente aperitivo para um EP que não deverá de deixar de conter o charme inconfundível e o pulsar tremendamente climático, subtil e insinuante de um projeto que chega ao fim no auge da sua maturidade. Confere...


autor stipe07 às 20:28
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Quinta-feira, 12 de Outubro de 2017

Noel Gallagher’s High Flying Birds – Holy Mountain

Noel Gallagher's High Flying Birds - Holy Mountain

O ideário sonoro dos gloriosos anos noventa está ainda bem presente entre nós após duas décadas desse período aúreo de movimentos musicais incríveis como a britpop que, do lado de cá do atlântico, fez na altura frente ao grunge e ao indie rock norte americano, num período temporal que massificou definitivamente o acesso global à música. E os Oasis foram um dos nomes fundamentais da arte musical em Terras de Sua Majestade nessa época, liderados pelos irmãos Gallagher que continuam a fazer questão de alimentar uma relação lendariamente conturbada. E agora fazem-no através das suas carreiras a solo, com ambos a editarem discos em nome próprio no ocaso de 2017. O primeiro foi Liam, o mais novo, com o seu registo de estreia As You Were e agora chega a vez de Noel, juntamente com os seus High Flying Birds, através de um trabalho intitulado Who Built the Moon?, que irá ver a luz do dia já em novembro.

Holy Mountain é o primeiro single divulgado de Who Built The Moon?, uma canção impetuosa e com uma vasta miríade de influências, que vão da britpop, ao rock mais ácido e experimental setentista, passando pelo rock alternativo da década seguinte e aquela toada pop algo sintética do mesmo período, com um espírito bastante festivo e dançante. Confere...


autor stipe07 às 21:35
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Segunda-feira, 9 de Outubro de 2017

Black Rebel Motorcycle Club – Little Thing Gone Wild

Black Rebel Motorcycle Club - Little Thing Gone Wild

Quatro anos depois de Specter At The Feast, os norte americanos Black Rebel Motorcycle Club (BRMC) de Peter Hayes, Robert Levon Been e Leah Shapiro, estão de regresso com Wrong Creatures, o oitavo disco de uma carreira de mais de década e meia de uma banda que se estreou em 2001 com um extraordinário homónimo e cujo conteúdo fez desta banda de São Francisco os potenciais salvadores do rock alternativo.

Wrong Creatures foi produzido por Nick Launay (Yeah Yeah Yeahs, Arcade Fire, Nick Cave) e irá ver a luz do dia em janeiro próximo. Do seu alinhamento já se conhece o single Little Thing Gone Wild, um tema onde é perfeito o encontro entre a guitarra de Peter, o baixo de Robert e a forte percussão de Leah. A canção tem traços de post punk e blues e também abraça o noise rock, fazendo antever um álbum mais cru e direto que o antecessor. Confere...


autor stipe07 às 18:13
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|
Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

Dear Telephone - Slit

Inspirados pela curta metragem de Peter Greenway intitulada Dear Phone, realizada em 1976, os Dear Telephone vêem de Barcelos e formaram-se há pouco mais de meia década, tendo na sua formação gente que nos tem sempre mostrado, em todos os projectos que se envolvem, uma inegável qualidade enquanto músicos e que prova que na música se pode fazer diferente. Falo de Graciela Coelho, André Simão, Pedro Oliveira e Ricardo Cibrão.

Resultado de imagem para dear telephone barcelos slit

 

Em março de 2011 estrearam-se com o EP Birth Of A Robot, um conjunto de canções com uma abordagem sonora algo crua, intimista e minimalista, um EP que foi muito bem recebido pela crítica e apresentado ao vivo em algumas das mais importantes salas de espetáculos do país. Mas também chegaram ecos desse EP ao estrangeiro, com os Dear Telephone a fornecerem um tema para a banda sonora do filme brasileiro Contramão de Fabio Menezes e a representarem Portugal em agosto de 2011 no evento Music Alliance Pact. Dois anos depois, em 2013, estrearam-se no formato longa-duração com Taxi Ballad, um disco onde os Dear Telephone mergulharam sem concessões no assumido fascínio pelo quotidiano e suas contradições, no discurso directo e desconcertante das personagens que as vozes encarnam e numa instrumentação dura e sem artifícios.

Agora, quase no ocaso de 2017, o grupo minhoto irá regressar aos discos com Cut, um compêndio com nove canções que tem em Slit a promeira amostra divulgada, uma canção que pisca o olho ao rock, fazendo-o num formato eminentemente blues, com mestria e com os ingredientes certos, dos quais se destacam uma guitarra que se entranha, de forma sofisticada, inteligente a até corajosa. Confere...


autor stipe07 às 17:56
link do post | comenta / bad talk | The Best Of... Man On The Moon...
|

eu...


more about...

Follow me...

. 51 seguidores

Powered by...

stipe07

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parceria - Portal FB Headliner

Facebook

Man On The Moon - Paivense FM (99.5)

Em escuta...

Twitter

Twitter

Blogs Portugal

Bloglovin

Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

MGMT - When You Die

Moby – Like A Motherless ...

Sufjan Stevens – Tonya Ha...

Zed Penguim - Wandering

Django Django – In Your B...

Jaguwar - Crystal

Fugly - Millenial Shit

Björk – Blissing Me

The Wombats – Lemon To A ...

Black Rebel Motorcycle Cl...

Franz Ferdinand – Always ...

Walk The Moon – Headphone...

Hamilton Leithauser – Hea...

MGMT – Little Dark Age

Noiserv - Dezoito e ediçã...

Django Django – Tic Tac T...

Wild Beasts – Punk Drunk ...

Noel Gallagher’s High Fly...

Black Rebel Motorcycle Cl...

Dear Telephone - Slit

X-Files

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

take a look...

I Love...

Os melhores discos de 201...

Astronauts - Civil Engine...

SAPO Blogs

subscrever feeds